Home Maranhão Mulheres lideram denúncias em casos de violência nas eleições

Mulheres lideram denúncias em casos de violência nas eleições

Featured Video Play Icon

A Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Maranhão, apresentou um levantamento dos casos de violência denunciados nessas eleições. As mulheres lideraram as denúncias e a maioria dos casos se refere a ataques feitos pela internet.

Com discussões acaloradas, o período eleitoral exigiu uma atenção especial de instituições como a OAB e a Defensoria Pública. Os ataques à honra e à liberdade de expressão acontecem, principalmente, no meio virtual. Por meio do Observatório da Intolerância, somente no Maranhão já foram formalizadas 24 denúncias.

Das denúncias recebidas, cerca de 78% eram de pessoas do sexo feminino, 17% masculino e 5% transexuais. Foram 45% entre pessoas da cor parda, 31% da cor branca e 22% negra. Os tipos de agressão foram: ataque digital (43,5%), ofensa verbal e ameaça (21,7%), dano patrimonial (17,4%) e agressão física (4,4%). As denúncias podem ser feitas pela internet, por meio da OAB ou da Defensoria Pública.