Home Cultura Balé de Campina Grande faz apresentação gratuita no Arthur Azevedo

Balé de Campina Grande faz apresentação gratuita no Arthur Azevedo

Balé de Campina Grande faz apresentação gratuita no Arthur Azevedo

Balé clássico e dança contemporânea compõem a apresentação de Frestas, Fôlego e Pele, espetáculo do Balé da Cidade de Campina Grande, da Paraíba, aguardado para a terceira noite da 12° Semana Maranhense de Dança. A apresentação ocorrerá, nesta quarta-feira (17), no palco do Teatro Arthur Azevedo (TAA), às 20h30, com entrada gratuita mediante a doação de um 1kg de alimento não perecível.

Frestas, Fôlego e Pele ganha sentido pela inquietação, estranhamento e reflexão com que o coreógrafo Romero Mota expressa sua jornada após um período de afastamento. Disposto a apostar em um trabalho cada vez menos engessado pelas regras, ele procura, no espetáculo, um espírito modificador das engrenagens da sua dança.

O espetáculo investe em bailarinos de diversas idades e formações, em movimentos que primam por um espírito modificador das engrenagens da dança. A direção artística e produção executiva são de Erasmo Rafael. Os intérpretes criadores são Cas Silva, Daniel Slid, Liu Santos, Marley Lucena e Vagner Gomes.

“Apostei naquilo que a crise pode trazer de útil à arte: o novo, mas um novo sem obrigação. Um novo com o único compromisso que a arte deve ter: a expressão”, explica Romero Mota.

O Balé da Cidade de Campina Grande (PB) tem a sua trajetória marcada por poesia e resistência. Criado em 1999 pela bailarina e coreógrafa Myrna Maracajá, o grupo reúne cena coreografias marcadas pelo experimentalismo, toques regionais e diálogo constante com o universal, estendendo as possibilidades da dança contemporânea em suas obras.

O grupo inaugurou uma nova fase em seus trabalhos, que tem como divisor o espetáculo A Feira, que leva aos palcos um misto de dança e teatro, concretizado na obra da dramaturga potiguar Lourdes Ramalho e presta homenagem à feira de Campina Grande, tradicional ponto de comércio e encontros da cidade. Esse processo foi aprofundado em “Frestas, Fôlego e Pele”, lançado em 2015.

XII Semana Maranhense de Dança

Na programação da Semana, nesta quarta (17), tem oficinas de capacitação que ocorrem na Sala de Dança, do TAA e na Casa do Maranhão. Na Praça Nauro Machado, o palco abre espaço, a partir das 18h, para 24 apresentações de bailarinos e grupos maranhenses exibirem um verdadeiro show de ritmos e diversidade coreográfica das mais variadas expressões da dança.

A Semana Maranhense de Dança é uma produção da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), por meio do Teatro Arthur Azevedo. Tem patrocínio da Equatorial Energia e da Cemar, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

Valorizando a dança como expressão artística e cultural, o evento reúne oficinas espetáculos, coreografias, performances e intervenções, além da Mostra Competitiva, Mostra Infantil, Mostra de Danças Coletivas e da Batalha Negro Cosme.

Por Ascom