Home Maranhão Movimento #MeninasOcupam fará ações no Dia Internacional da Menina

Movimento #MeninasOcupam fará ações no Dia Internacional da Menina

Movimento #MeninasOcupam fará ações no Dia Internacional da Menina

O mundo ainda não viu todo o potencial das meninas – e esperar até que elas cheguem à idade adulta pode ser tarde. É esse espírito que norteia o movimento #MeninasOcupam, da organização não-governamental Plan International Brasil, defensora dos direitos de crianças e adolescentes, com foco na promoção da igualdade de gênero e no empoderamento das futuras mulheres. No 11 de outubro, Dia Internacional da Menina, data criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2011, o movimento marcará presença no Maranhão e também nos estados de São Paulo, Bahia e Piauí, além da capital federal, Brasília.

No Maranhão, as iniciativas têm dois pontos focais: São Luís e a região de Codó. Na capital, as meninas farão uma marcha no dia 11 e ocuparão espaços públicos e privados, além de meios de comunicação. Confira a agenda completa das ações de São Luís abaixo.

As ações #MeninasOcupam levam as jovens a ocuparem por algumas horas cargos de liderança em instituições públicas e privadas, mostrando que a liderança também é um lugar para as meninas. “O #MeninasOcupam é uma iniciativa poderosa. Traz em si a possibilidade de mostrar à sociedade toda a potência das meninas. Ocupando o lugar de pessoas responsáveis por liderança e tomada de decisão, elas usam essa oportunidade para tornar visíveis as barreiras que as meninas enfrentam para acessar seus direitos e conseguem engajar mais pessoas na construção de um mundo melhor, com igualdade de oportunidades um mundo em que elas desenvolvam inteiramente seus potenciais”, diz Cynthia Betti, diretora da Plan International Brasil.

O barulho que o #MeninasOcupam pretende fazer durante todo os dias de outubro é um caminho para reduzir vulnerabilidades às quais as meninas brasileiras estão sujeitas. Para Cynthia, “quanto mais cedo elas se conscientizam de seus direitos e possibilidades, mais chances têm de mudar o rumo de suas próprias histórias.”

Alerta

O Dia Internacional da Menina não deve se transformar em oportunidade comercial para a venda de produtos que reforçam estereótipos de gênero para as meninas ou reforcem conteúdos e símbolos que são comumente atribuídos às meninas e mulheres. Por exemplo, delicadeza, fragilidade, beleza, cuidado, sensibilidade, entre outros.

#MeninasOcupam é uma ação global da Plan International. Uma oportunidade para ampliar o poder das meninas e também mostrar o compromisso das empresas, instituições e governos em apoiar a igualdade para as meninas.

 

AGENDA DE OCUPAÇÕES

Maranhão – São Luís

8/10

08:00 às 16:00

Ocupação do escritório da Plan em São Luís

A ocupação vai contribuir para sensibilizar toda a equipe da ONG para a campanha.

De 01 a 30/10

Série de ações distribuídas para comemorar o Dia Internacional da Menina, com oficinas nos projetos sobre a importância da campanha, debates sobre as barreiras enfrentadas pelas meninas em seus vários espaços de convivência.

09 e 10/10

Ocupação das meninas em espaços de poder e meios de comunicação:

ALCOA

Associação Comercial

Casa da Mulher Brasileira

Ceuma

CPCA

Defensoria Pública

Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP)

IFMA

Ministério Público

Rádio e TV UFMA

Rádio Tambor

Rede Amiga da Criança

UFMA

UNDB

11/10

13:30 às 17:30

Marcha das Meninas (Intervenções artísticas e palavras de ordem)

A marcha se concentrará na praça Benedito Leite a partir das 13:30, com confecção de cartazes. Às 14:30, a marcha começa seu deslocamento em direção à prefeitura, com batedores da guarda municipal e blitz urbana. Há previsão de entrega da carta/declaração das meninas na prefeitura e/ou no governo estadual, para a respectivas autoridades. Haverá uma parada na DPCA para convocação dos funcionários, da delegada e de todos os demais setores envolvidos na temática da criança e adolescente. A partir da 15:30, a marcha segue para a praça Maria Aragão, onde haverá uma programação artística envolvendo celebridades locais da música, dança e percussão (CCN, GDam, Célia Sampaio). O término da marcha está previsto para 17:30.

31/10

Visita ao Museu do Reggae guiada por Célia Sampaio e Ademar Danilo com roda de conversa sobre igualdade de gênero, contexto do papel da mulher na história do reggae no Maranhão e oficina de turbantes.