Home Maranhão 800 alunos enganados por suspeito de estelionato e falsidade ideológica

800 alunos enganados por suspeito de estelionato e falsidade ideológica

800 alunos enganados por suspeito de estelionato e falsidade ideológica

Francisco de Paula Mendes Rodrigues foi preso neste domingo (16) durante a operação Faculdade Ilusão desencadeada pela Delegacia Regional de Viana. Ele é suspeito dos crimes de estelionato e falsidade ideológica.

A Polícia Civil iniciou investigações após denúncia de que Francisco de Paula estava mentindo sobre a regularidade de instituições que propriedade dele junto ao Ministério da Educação e eventuais instituições parceiras, com o intuito de obter vantagem ilícita em prejuízo alheio consistente no pagamento das mensalidades.

Foram realizadas pesquisas nos sites oficiais do MEC, que constataram a ausência de autorização de funcionamento dos referidos institutos. Ele utilizava o termo “filantropia” no nome da empresa, o que despertou interesse na equipe de investigação.

Na manhã deste domingo, enquanto realizava reunião com alunos, policiais civis o conduziram até a sede da Delegacia Regional de Polícia Civil para esclarecimentos, juntamente com funcionários e vítimas.

Em interrogatório, Francisco de Paula afirmou que se tratava de uma instituição filantrópica e que os alunos contribuíam com “doações” para a instituição, mas não apresentou documentação para comprovar essa versão. Com base no interrogatório e nos depoimentos dos funcionários, estima-se que no momento aproximadamente 800 alunos estejam sendo mantidos em erro, o que gera uma arrecadação total de aproximadamente R$ 120 mil por mês ao autuado.

Foi constatada até a matrícula de uma adolescente de 15 anos em uma das instituições, quando ainda cursava o 2º ano do ensino médio. O suspeito foi encaminhado para a Unidade Prisional de Ressocialização de Viana.