Home Maranhão Preso mais um envolvido em explosão de São Luís Gonzaga

Preso mais um envolvido em explosão de São Luís Gonzaga

Preso mais um envolvido em explosão de São Luís Gonzaga

Foi preso nesta quarta-feira (12) mais um envolvido em explosão ao Banco do Brasil de São Luís Gonzaga, o crime aconteceu no dia 6 de setembro de 2018.

Sucarlos da Costa Silva foi preso em operação conjunta do Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras (DCRIF/SEIC) com a Delegacia Regional de Presidente Dutra em cumprimento a mandado de prisão temporária expedido pela Comarca de São Luiz Gonzaga.

O suspeito é proprietário de uma chácara situada na zona rural de Presidente Dutra, que funcionava como base do grupo criminoso. Durante buscas no comércio de propriedade dele foi apreendida uma espingarda calibre 32 não registrada, o que motivou a prisão em flagrante.

Outros envolvidos

Um ex-sargento temporário do 2º Batalhão de Engenharia de Construção (2º BEC) em Teresina está entre os presos de uma operação deflagrada no Maranhão para desarticular organização criminosa suspeita de uma tentativa de roubo ao Banco do Brasil de São Luís Gonzaga do Maranhão.

O ex-sargento foi identificado como Marbyo Alves da Costa, natural de Teresina, no Piauí. Os suspeitos do Maranhão foram identificados como Valdivino Vieira, Jacinto de Sousa Silva, Bruno Milhomens, Joaquim Henrique Silva Neto, vulgo Neto, Itamar de Sousa Salles, vulgo Pernambuco, e Aline Moreira Lima, de acordo com a Polícia Civil.

“O Marbyo era sargento temporário do Exército e foi expulso porque comprou uma arma sem autorização do comandante. A participação na tentativa de roubo ao banco foi levar parte do grupo e resgatá-los. Ele também participou de ações logísticas e levava e trazia  material por ter carro ‘limpo’ e ter sido  Exército”, disse Gustavo Jung, delegado do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) do Piauí.