Home Maranhão Quebradeiras de coco denunciam agressões sofridas no interior do estado

Quebradeiras de coco denunciam agressões sofridas no interior do estado

Featured Video Play Icon

Quebradeiras de coco babaçu do Maranhão, Pará, Piauí e Tocantins se deslocaram nesta sexta-feira (17) para a sede da Secretaria de Segurança Pública para cobrar das autoridades providências que garantam o sossego no território onde atuam.

Atualmente, doze mulheres quebradeiras de coco estão no Programa de Proteção de Direitos Humanos. Só no Maranhão, são aproximadamente 50 mil quebradeiras de coco. A situação atual no estado é mais delicada nos municípios de Arari, Viana e Matinha.