Home Polícia Condenado por matar agente penitenciário é sentenciado por outro latrocínio

Condenado por matar agente penitenciário é sentenciado por outro latrocínio

Condenado por matar agente penitenciário é sentenciado por outro latrocínio

Em sentença proferida pela 6ª Vara Criminal de São Luís, foi condenado a 34 anos, 4 meses e 15 dias de reclusão, Carlos Henrique de Salles Ferreira, conhecido como “Carlinhos”, pelo latrocínio de Leonardo Silva Torres, morto a tiros na Cidade Operária, em março de 2017. O mesmo réu já havia sido sentenciado, recentemente, a 30 anos de prisão por outro latrocínio, que vitimou o agente penitenciário Viterbo Nunes Silva, de 49 anos.

De acordo com a sentença, assinada pelo juiz Luís Carlos Dutra dos Santos, além de Carlos Henrique, que nasceu no Rio de Janeiro, também foi condenado Alan Herberth Martins Matos, conhecido como “Brigadeiro”, natural de Pinheiro/MA, que recebeu a pena de 30 anos e 32 dias-multa de reclusão. Ele está preso desde o dia 5 de maio do ano passado, enquanto “Carlinhos” está no Complexo Penitenciário de Pedrinhas desde 5 de abril do mesmo ano.

Importante destacar que o crime foi investigado pelo Departamento de Proteção à Pessoa (DPP), da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), por meio de um excelente trabalho feito pelo delegado Marcos Affonso Júnior e demais policiais civis daquele departamento.