Home Maranhão Cristiane Moraes fala sobre revisitar lugares do MA pelas lentes do Câmera 4

Cristiane Moraes fala sobre revisitar lugares do MA pelas lentes do Câmera 4

Featured Video Play Icon

Por Fernanda Fernandes.

A jornalista e apresentadora do programa Câmera 4, Cristiane Moraes, foi a entrevistada desta sexta-feira (27) do programa Resenha. Na oportunidade, ela falou sobre a estreia do programa semanal, que retratou histórias de comunidades quilombolas de Alcântara, as belezas arquitetônicas e singularidades da cidade, a 30 quilômetros da capital.

“Nós fomos abraçados nas comunidades de Alcântara, por onde a gente passou, nessa imersão que a gente fez. A gente brincou durante o programa com um poema de José Chagas, que ele fala que ‘olhar Alcântara não se pode ver a olho nu, é necessário uma lente memorial’, retratando essa Alcântara que a gente conhece pelo seu casario, pelo seu passado”, afirmou a apresentadora sobre a ideia de como as pessoas também se reconstroem ao longo dos dias.

A também diretora de jornalismo da TV Difusora conversou com o jornalista Itevaldo Júnior sobre o desafio de mostrar o Maranhão sob nova perspectiva e reforçou que o projeto foi abraçado por toda a equipe de jornalismo da emissora. Falou sobre a experiência de revisitar lugares e direcionar para o telespectador um olhar sensível e diferente sobre as comunidades que vêm sendo visitadas desde o ano passado, quando o programa começou a tomar forma.

Sobre o empoderamento das mulheres e como elas impulsionam outras mulheres, afirmou que elas “estão sempre muito à frente, e sempre em posições de liderança nessas comunidades”.

Cristiane Moraes lembrou que além dos personagens fortes e da preservação da cultura da identidade local, o programa mostra a luta de resistência por território de comunidades quilombolas reconhecidas pela Fundação Palmares, que resistem ao tempo e à influência de outras culturas.

Durante a entrevista, a apresentadora adiantou um pouco sobre o tema de um dos episódios já engatilhados para serem exibidos. Ela contou que, para uma pegada mais urbana, o Câmera 4 promete mostrar curiosidades e a história do bairro da Liberdade, que completou 100 anos este ano, um dos maiores quilombos urbanos da América Latina.

A ideia de contar o Maranhão de um jeito leve e inusitado deve ser estendida aos repórteres da TV Difusora, para que possam fazer o exercício de redescobrir o jornalismo através dos ricos personagens, lugares e histórias que o estado têm.

O Câmera 4 vai ao ar todos os sábados, de 08h00 às 08h30, pela TV Difusora. Para este sábado (28), os telespectadores poderão visitar as comunidades Inhaúma, Estiva e Vila Conceição, localidades onde existem projetos que potencializam os trabalhos desenvolvidos pelos moradores.