Home Maranhão Imperatriz Inicia Semana de conscientização da violência contra idosos

Inicia Semana de conscientização da violência contra idosos

Inicia Semana de conscientização da violência contra idosos

Aconteceu na última sexta-feira, 08, o primeiro dia de programação da campanha da Semana de conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, a qual segue-se até o dia 15 de junho. Esta ação é uma realização da Rede de Proteção à Pessoa Idosa do município, e possui o intuito de alertar a sociedade para os maus tratos infligidos aos indivíduos de 60 anos ou mais.

Negligência, violência psicológica, abuso financeiro, abandono e agressão física lideram os índices das ocorrências. Preocupantemente, 50% dos casos são cometidos pelos familiares – geralmente os próprios filhos. Para o Delegado Fairlano Aires, o fato dos crimes serem cometidos dentro de casa dificulta a denúncia. “Muitos ignoram que a pessoa idosa necessita de cuidados e atenção especial. Na maioria dos casos, querem apenas usufruir dos benefícios previdenciários e dos bens que que os idosos possuem”, explicou Fairlano.

No Maranhão, 10 casos de violência contra pessoas idosas são registrados por dia. Só em Imperatriz, entre janeiro e junho deste ano, foram contabilizados 74 casos de maus tratos – boa parte são ocorrências provenientes da Zona Rural da cidade, como: Coquelândia, Olho D´água, Lagoa Verde e Vila Chico do Rádio. Segundo a Defensoria Pública Estadual, ano passado em todo o Estado foram feitas 1.381 denúncias de maus tratos.

As taxas das ocorrências e a constatação de ser um crime cometido por pessoas próximas, aponta para o necessário combate efetivo de violência contra os mais velhos. A coordenadora da Casa do Idoso, Alessandra Nobre, alerta para essa demanda de conscientização na sociedade. “A violência contra a pessoa idosa existe e é real no âmbito social. Também é um fato grave, quando contatamos que é uma violência silenciosa”, afirmou a Coordenadora.

Campanha de Conscientização

 A campanha tem o objetivo de fazer um trabalho de conscientização na população, por meio de ações nos espaços públicos, instituições, escolas, etc. No que diz respeito a programação, há a previsão de palestras, apresentações de quadrilhas juninas, distribuição de material educativo, caminhada, ato público na Praça de Fátima no último dia, e entre outras atividades durante toda a semana.

O primeiro dia de programação aconteceu na Casa do Idoso Feliz, com abertura do Coral do CRAS Bacuri, devocional e palestra sobre a conscientização da violência contra a pessoa idosa. Para a aposentada Maria do Carmo, a semana de campanha é um momento de extrema importância para as pessoas idosas. “É um ato fundamental para falar contra a violência contra pessoa idosa. Nós podemos observar que os casos de maus tratos são vários”, completou a aposentada.