Home Maranhão São Luís Com cargas retidas, Ceasa sofre com o desabastecimento geral

Com cargas retidas, Ceasa sofre com o desabastecimento geral

Com cargas retidas, Ceasa sofre com o desabastecimento geral

Completando oito dias da greve dos caminhoneiros no Maranhão, a Cooperativa dos Hortifrutigranjeiros do Maranhão (Ceasa-MA) informou, nesta segunda-feira (28), o desabastecimento geral no local. Desde a última terça-feira (22), a cooperativa não recebe alimentos de auto consumo, como verduras e legumes.

De acordo com o presidente da Ceasa, só houve abastecimento de algumas frutas transportadas de Pinheiro, via ferry-boat. Outras mercadorias estão presas na rodovia desde o início da paralisação nacional e a preocupação em logo abastecer é grande, pois o processo demora a ser regularizado. “O que temos hoje é o que sobrou, muito pouco e se até amanhã resolver, no decorrer da semana tudo começa a ser normalizado, para então ser finalizado o abastecimento na próxima segunda ou terça-feira”

Ainda de acordo com o presidente, enquanto a situação não for resolvida, os produtores também não carregam suas mercadorias.