Home Maranhão Ainda não há definição do destino dos africanos resgatados em São Luís

Ainda não há definição do destino dos africanos resgatados em São Luís

Ainda não há definição do destino dos africanos resgatados em São Luís

Os 25 imigrantes continuam alojados no Ginásio Costa Rodrigues, no centro da capital maranhense. Ainda não existe uma definição quanto a permanência deles no Brasil. Por enquanto, todos estão recebendo assistência de diversos órgãos. A defensoria pública tem acompanhado de perto toda essa situação.

Eles também responderam a questionamentos. O cadastro consta dados mais detalhados. Foram 33 dias em alto mar, o grupo saiu de Cabo Verde com destino ao Rio de Janeiro ou São Paulo e acabaram parando na costa maranhense, após a embarcação sofrer problemas mecânicos. Entre eles, 19 são do Senegal, 1 de Serra Leoa, 3 da Guiné e 2 da Nigéria. Este imigrante relembra os momentos de desespero, sem comida e sem água, arriscando a própria vida, em busca de um futuro melhor.

A Cruz Vermelha Brasileira também tem ajudado o grupo com doações. Em vigor a pouco tempo, a nova Lei de Migração instituída no país, é bem mais flexível e facilita a regularização de estrangeiros que entram em território brasileiro de forma ilegal. Cada um dos 25 casos deverão ser analisados individualmente, por isso ainda não se tem como precisar se ganharão o direito de viver no Brasil ou se acabarão sendo deportados.

Ontem (22), o grupo de imigrantes recebeu a visita de estudantes intercambistas da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), de mesma etnia, onde houve trocas de informações.

Confira reportagem da TV Difusora sobre o assunto.