Home Maranhão Imperatriz Ação promove Saúde Mental na Casa do Idoso de Imperatriz

Ação promove Saúde Mental na Casa do Idoso de Imperatriz

Ação promove Saúde Mental na Casa do Idoso de Imperatriz

Em Imperatriz, a Rede de Saúde Mental do Município realizou na manhã desta quarta-feira (23) uma ação que promoveu a saúde mental para pessoas na terceira idade, na Casa do Idoso. As atividades possuem o propósito, sobretudo, de estimular as práticas que auxiliam uma boa qualidade de vida para esses indivíduos. A programação é em alusão ao mês da Luta Antimanicomial, que celebra a conquista da reforma psiquiátrica, o tratamento e a cidadania.

Há orientações terapêuticas nas palestras, lazer proporcionado aos idosos e atividades físicas incentivadas no evento. Além disso, a Rede realiza durante todo o mês a disseminação de informação para os servidores, familiares e, sobretudo, os usuários do sistema de saúde mental. A aposentada Maria do Socorro reconhece a importância da promoção de uma boa qualidade de vida. “Nessa fase, precisamos nos incluir mais ainda na sociedade, então, a Casa do Idoso cuida bem da gente, principalmente com essas orientações físicas e psicológicas”, explana a aposentada.

Participaram também da ação alunos do curso de Psicologia de uma faculdade particular da cidade, a fim de colocar em prática os ensinamentos teóricos repassados em sala de aula. A acadêmica do 4º período do curso, Thallyssa Cristine, acredita que promover esse tipo de atividade é um ganho tremendo para todos os envolvidos, principalmente na troca de conhecimento e experiências entre os alunos e idosos. “É importante ter essa convivência nesses espaços, principalmente para o nosso futuro profissional. Isso nos dá um enriquecimento a mais para os estudos”, afirmou a estudante.

Para a professora de Psicologia, Monica Dominice, a discussão sobre saúde mental na velhice traz à tona a necessidade do desenvolvimento de atividades que tragam qualidade de vida para os idosos. É importante nesta fase a prática do lazer, exercícios físicos, atividades que incentivem a cognição e criatividade, como também, manter amizades e ter o apoio familiar. “Precisamos acabar com os estereótipos a respeito da velhice e com essa ideia de incapacidade, então, estamos trabalhando as estratégias de como eles podem manter uma boa saúde mental”, explicou Dominice.  

As atividades das quais os idosos participaram são realizadas durante todo o ano, com programações de incentivo à importância de uma vida saudável para essas pessoas na terceira idade.