Home Cultura Festa do Divino de Alcântara encerra com anúncio de criação de casas de cultura

Festa do Divino de Alcântara encerra com anúncio de criação de casas de cultura

Festa do Divino de Alcântara encerra com anúncio de criação de casas de cultura

A Festa do Divino Espirito Santo de Alcântara, uma das mais tradicionais do Brasil, foi encerrada neste domingo (20) com a realização da tradicional Missa de Pentecostes do Divino, realizada na Igreja do Carmo, e o anúncio de obras de reforma e criação de novas casas de cultura.

A Festa do Divino de Alcântara é realizada há mais de três séculos e tem contado com o apoio do Governo do Maranhão, por meio da Secretária de Estado de Cultura e Turismo (Sectur), nos últimos anos.

Em 2018, aproximadamente R$ 300 mil foram doados para a realização da festa, que lotou becos e ruas da cidade histórica durante os 12 dias de festa. “O Governo do Estado vem apoiando a Festa do Divino nos últimos anos e esse ano continuamos com a valorização dessa festa que é reconhecida internacionalmente”, afirma o secretário da Cultura e Turismo, Diego Galdino.

Casas de Cultura

Durante o encerramento da festa, o Governo do Estado anunciou o início da reforma da Casa do Divino, que abriga a Casa da Imperatriz ou do Imperador (dependendo da escolha do ano) e a reforma e instalação fixa da Casa do Mordomo Régio, que atualmente funciona de forma improvisada e dependendo de doações do espaço.

Haroldo Júnior, um dos organizadores da festa, destaca a importância de ter um espaço próprio para abrigar os pertences do Mordomo Régio e dos Mordomos Baixos.

“Essa é mais uma comprovação que a Festa do Divino de Alcântara merece ser perpetuada, merece o apoio e tem tudo para continuar com essa tradição que eleva ainda mais o potencial da cidade de Alcântara pela fé que move os moradores a realizarem a festa, pela atração de turistas e que consegue fazer um ciclo de renovação a cada ano”, destaca Haroldo.

Com o anúncio, a casa que abrigou a festa esse ano será a sede fixa, onde também funcionará o Museu do Mordomo Régio durante o resto do ano.