Programa Resenha recebe diretora do filme “José Louzeiro – Depois da Luta”

Roteirista de obras consideradas clássicas do cinema nacional, o escritor e jornalista maranhense José Louzeiro, falecido em dezembro do ano passado, é o tema do curta-metragem “José Louzeiro – Depois da Luta”, dirigido pela cineasta Maria Thereza Soares.

O filme foi lançado nesta sexta-feira (18) em sessão para convidados no Cine Praia Grande e, também, será exibido neste sábado, às 18h, no Cine Praia Grande, em sessão aberta ao público.

Maria Thereza esteve na edição desta sexta-feira (18) do Programa Resenha, conversando com o jornalista Itevaldo Jr. sobre a produção – cuja pesquisa e argumento é assinado pela jornalista Bruna Castelo Branco.

Com duração de 15 minutos, a obra é voltada para a contribuição gigante de José Louzeiro para o cinema brasileiro. De autoria do maranhense, foram adaptadas para o cinema obras como “Infância dos Mortos”, que foi para às telas com o título “Pixote – a lei do mais fraco” e “Lúcio Flávio – o passageiro da agonia”, cinebiografia de um anti-herói brasileiro, ambos dirigidos por Hector Babenco. Além deles, José Louzeiro colaborou no roteiro de obras como “Quem Matou Pixote? ”, dirigido pelo cineasta José Joffily e “O Homem da Capa Preta” em parceria com o cineasta Sérgio Rezende, entre outros.

Segundo a cineasta Maria Thereza Soares, a opção por explorar no documentário a atuação de José Louzeiro como roteirista foi para valorizar essa faceta do maranhense. “Nós temos um vasto material de gravação, mas José Louzeiro já é conhecido como jornalista, como escritor e a sua faceta como roteirista traz um legado importantíssimo para o cinema nacional e ficava relegada a segundo plano, portanto foi o enfoque que quisemos ressaltar no documentário”, destaca.

Veja Programa Resenha na íntegra: