Home Brasil Detentos de UPR de Davinópolis participam de casamento comunitário

Detentos de UPR de Davinópolis participam de casamento comunitário

Detentos de UPR de Davinópolis participam de casamento comunitário

Na tarde desta terça- feira (15), ao todo 10 casais participaram do primeiro casamento comunitário da Unidade Prisional de Ressocialização – UPR, de Davinópolis, e também o primeiro do Maranhão que acontece dentro de um presidio.

Os noivos, todos internos, esperavam com ansiedade a chegada de suas companheiras, para oficializarem suas uniões.

Alguns casais estão juntos há muitos anos, vivendo historias e construindo família. Um dos noivos, que não quis ser identificado, tem a noiva como companheira a mais de uma década. Para ele, esse momento é a oficialização perante a sociedade do amor entre os dois.

“O casamento representa a união. Meu casamento, minha família são os únicos motivos para eu voltar para a sociedade como um trabalhador”, comenta.

O casamento comunitário foi organizado pela segunda Vara da família. Para o juiz Adolfo Pires, proporcionar esse momento a esses casais é garantir aos internos e suas famílias mais dignidade.

“Muitos desses casais já são companheiros de longas datas. Então, se eles não podem sair, a justiça vem até o sistema prisional garantir esse direito, aos internos e suas companheiras”, comenta.

Para a direção do presídio, o casamento comunitário foi uma experiência positiva. Fernanda Cury, diretora geral da UPR, destaca a importância da família na ressocialização do interno.

“É a família que sustenta que o interno cumpra a pena até o fim. Os detentos que recebem visitas têm comportamento diferente dos demais, eles apresentam interessem em retornar a sociedade respeitando a lei”, comenta.

O projeto casamentos comunitários começou em 1999 pela Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão. Destinado a pessoas de baixa renda, o projeto já possibilitou a oficialização de mais de 100 mil uniões em todo estado.