Home Política Ex-policial é condenado a cinco anos de reclusão pela morte de Tácio Kaique

Ex-policial é condenado a cinco anos de reclusão pela morte de Tácio Kaique

Ex-policial é condenado a cinco anos de reclusão pela morte de Tácio Kaique

O ex-policial militar Sandro Moretti Furtado de Oliveira (33), acusado do homicídio, foi condenado a cinco anos de reclusão pela morte de Tácio Henrique (18), assassinado no dia 27 de novembro de 2010. O julgamento que condenou o ex-policial terminou na madrugada desta sexta-feira (11).

O ex-PM é acusado de ter matado o estudante Tácio Kaique durante uma briga de trânsito no Maiobão. A vítima foi atingida com um tiro de arma de fogo de Sandro, que na época pertencia à Corporação da Polícia Militar do Maranhão.

Tácio Kaique assassinado em 2010

Em 2016, o ex-policial chegou a ter sido foi absolvido após decisão judicial promovida na 2ª Vara de Paço do Lumiar. Em votação secreta, os jurados concluíram “que o réu desferiu o tiro que causou a morte da vítima” e “que o réu merece ser absolvido”. O Ministério Público do Maranhão (MP-MA) entrou com recurso, solicitando a anulação da decisão do júri que absolveu o ex-policial militar do crime de homicídio qualificado.