Home Maranhão Mais de 1.600 famílias ficaram desabrigadas após fortes chuvas

Mais de 1.600 famílias ficaram desabrigadas após fortes chuvas

Mais de 1.600 famílias ficaram desabrigadas após fortes chuvas

Nas 19 cidades afetadas por eventos adversos relacionados a enxurradas, alagamentos e inundações, 1.623 famílias ficaram desabrigadas. A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (CEPDECMA) informou que tem acompanhando de perto as cidades.

Os atuais municípios afetados com esses eventos e que emitiram notificação ao órgão são: Marajá do Sena, Pedreiras, Trizidela do Vale, Nina Rodrigues, Lago dos Rodrigues, Presidente Vargas, Brejo, Paulino Neves, Bacabal, Imperatriz, São João do Sóter, Tuntum, São Luiz Gonzaga, Rosário, Timbiras, Cantanhede, Caxias, Codó e Formosa da Serra Negra.

Em nove dos municípios afetados já foi decretada Situação de Emergência: Marajá do Sena, Pedreiras, Trizidela, Lago dos Rodrigues, Presidente Vargas, Brejo, São João do Sóter, Tuntum e Caxias.

Dentro do Plano de Contingência, um posto de comando da Defesa Civil foi instalado em Trizidela do Vale para realizar o atendimento dos municípios do Centro Maranhense, banhados pela bacia hidrográfica do Mearim, local onde está a maioria das cidades com quadro de inundação.

Visita

Acompanhando o caso, o governador Flávio Dino visitou Pedreiras e Trizidela do Vale, junto a deputados, prefeitos e representantes de secretarias. Na oportunidade, ele anunciou novas medidas de apoio, uma delas é a extensão do programa Cheque Minha Casa, que irá beneficiar moradores, para que possam reconstruir suas residências. Cada família receberá um cheque no valor de até 5 mil reais, conforme a avaliação do dano feita pelo Corpo de Bombeiros.

“Nos municípios em que haja calamidade pública decretada e reconhecida, vai haver a possibilidade, mediante avaliação individual por domicílio feita pelo Corpo de Bombeiros, de darmos apoio financeiro às famílias”, afirmou o governador.

O apoio comunitário aos desabrigados foi destacado também pelo deputado federal Weverton, que defende a importância da liberação urgente das emendas parlamentares destinadas aos municípios atingidos pelas enchentes no estado do Maranhão.

“A bancada federal fez um apelo ao governo federal, para que ele pudesse agilizar o empenho e as emendas parlamentares que estão destinadas aos municípios que foram afetados com as enchentes, com os alagamentos, com as fortes chuvas que desabrigaram milhares de famílias no Maranhão”, apontou Weverton.