Home Maranhão São Luís Acusado de matar ex-mulher é condenado a 20 anos de prisão

Acusado de matar ex-mulher é condenado a 20 anos de prisão

Featured Video Play Icon

O 1º Tribunal do Júri de São Luís condenou, nesta sexta-feira (13), o pedreiro Ivar de Matos, 43, pelo assassinato da ex-companheira Andrea Miranda Teixeira, 36, a golpes de facão e uso de martelo, na residência dele, no bairro Coroadinho. Ele foi condenado a 20 anos de prisão.

O pedreiro Ivar de Matos estava preso desde a data do crime, e após a condenação, ele seguiu para o presídio de São Luís. O casal viveu junto por cerca de 16 anos, teve duas filhas, estava separado há três semanas e o homem não aceitava a separação.

A sessão de júri popular, começou por volta das 8h30, sendo presidida pelo juiz Osmar Gomes dos Santos. Atuou na acusação o promotor de Justiça Luís Carlos Correa Duarte e a defesa, pelo defensor público Adriano Jorge Campos.

Relembre o caso

Andreia Miranda Teixeira de 36 anos, foi brutalmente assassinada na noite do dia 21 de junho do ano passado, no bairro Coroadinho, em São Luís. O autor do crime identificado como Ivar de Matos, era o ex- companheiro da vítima.

De acordo com informações da polícia, o homem não aceitava o término do relacionamento. Ele desferiu diversas facadas na ex-companheira, os golpes atingiram diferentes partes do corpo da vítima.

Ivar de Matos foi preso quando trafegava pela avenida dos Africanos em uma bicicleta e com a arma utilizada no crime.

Leia também:

Realizada audiência de instrução do acusado de matar ex-companheira