Home Maranhão São Luís Mulher denuncia vizinho por fotos sem autorização e por racismo

Mulher denuncia vizinho por fotos sem autorização e por racismo

Featured Video Play Icon

Há dois anos, Maria Graciane sente-se perseguida por um vizinho, que estaria tirando foto delas sem autorização. Depois de registrar um primeiro Boletim de Ocorrência sobre o caso em 2016, ela voltou a fazer um BO contra o homem, que é advogado.

“Da última vez que eu abordei ele e perguntei para ele o porquê das fotos, ele agiu com frieza e ele falou que tirar foto de pessoas sem o consentimento delas não era crime. Até porque ele é advogado e eu, apenas uma mulher negra”, conta ela à TV Difusora.

Vítima de preconceito, a comerciante decidiu representar contra o vizinho na OAB.

“Não nego minha raça. Sei que sou uma mulher negra. Sou negra, mas tenho os meus direitos. Tenho direito de pedir para que ele não tirasse minhas fotos. Tenho direito de pedir para que ele não me caluniasse, tenho os meus direitos. O que eu quero é isso, é justiça. Que a Justiça olhe para esse caso e tome providências”, alega Maria.

Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Maranhão, informou que o caso é uma questão privada entre dois vizinhos, um deles sendo advogado, como poderia ser qualquer outro profissional. Por ser uma questão privada, a instituição não pode tomar qualquer providência.