Home Polícia Delegado pede exames para analisar morte de publicitário

Delegado pede exames para analisar morte de publicitário

Delegado pede exames para analisar morte de publicitário

Após ser encontrado em área de matagal, o corpo do designer e publicitário Jesiel Sales Pontes (52 anos) chegou ao Instituto Médico Legal na tarde desta quinta-feira (29), para o início do processo de perícia.

Segundo perito, o corpo já está em grau de decomposição avançado, o que indica que a morte aconteceu há mais de 24 horas.

Durante a tarde desta quinta-feira (29),uma varredura foi realizada no sítio da vítima, buscando concluir um procedimento que foi iniciado ontem, para coleta de digital e outras evidências que comprovem possível latrocínio ou a identificação de possíveis suspeitos do crime.

O delegado da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa Felipe Freitas afirmou que o caso continua sendo investigado. “Uma equipe da Superintendência de Homicídios, chefiada pelo próprio superintendente, delegado Lúcio, que está a frente do caso desde ontem e as investigações estão tramitando. Vários pertences da vítima foram levados, inclusive o próprio carro dele. Isso é, em princípio, um indício de latrocínio”, disse ele.

O delegado esteve no IML hoje e solicitou uma série de exames para complementar a investigação. “São solicitações de perícias que indicam que possa ter havido algum tipo de luta corporal, outras coletas de material de contato, para tentar verificar indícios através do próprio DNA”, disse Felipe.

A vítima estava desaparecida desde a terça-feira (27). Jesiel teria ido ao sítio para assistir a um jogo de futebol. A família ainda procurou pelo publicitário no Renascença e seguiu para o seu sítio, onde foram achados móveis revirados e sinais de luta corporal.

 

A causa da morte ainda não foi confirmada.