Mãe de criança jogada de ponte é conduzida a unidade prisional

Segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), a mãe do bebê que foi jogado da ponte Governador José Sarney, foi autuada por tentativa de homicídio.

Karla Regina Pereira Mendes foi conduzida à Unidade Prisional Feminina (UPFEM) de São Luís e está sendo mantida em uma cela separada. A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária aponta que, conforme determina a Lei de Execuções Penais (LEP), este é o procedimento nos casos em que há a necessidade de espera pela confirmação de laudos médicos que comprovem a sanidade mental do custodiado.

Os exames que avaliarão a sanidade mental da mãe deverão ser anexados ao inquérito policial.

As investigações estão sendo conduzidas pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

Estado de saúde da vítima

Segundo boletim médico, o quadro de saúde do bebê é considerado estável. A criança continua internada no Hospital Municipal Djalma Marques, o Socorrão I, e ainda não há previsão de alta.

Relembre o caso

Nesse domingo (18), uma mulher foi detida após jogar o filho de sete meses da ponte Governador José Sarney, conhecida como ponte do São Francisco, em São Luís.

O bebê foi resgatado por uma equipe do Corpo de Bombeiros, em seguida encaminhado para o Socorrão I. Já a mãe foi levada para a delegacia e, durante depoimento, ela informou que sofre transtorno mental e que toma remédio controlado.