Home Maranhão Imperatriz Agência do INSS de Imperatriz recebe treinamento para atendimento digital

Agência do INSS de Imperatriz recebe treinamento para atendimento digital

Agência do INSS de Imperatriz recebe treinamento para atendimento digital

A agência do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) de Imperatriz deve receber um novo modelo de atendimento: o INSS Digital. Por isso, as equipes da unidade já participaram de uma oficina de treinamento, como forma de capacitação, em todos os setores.

Todo trabalho vai atender, dentro da regional de Imperatriz, 81 municípios, com a participação de 22 agências. Em âmbito nacional, a digitalização de parte dos atendimentos já iniciou.

O novo modelo transforma a tramitação de processos em papel para a plataforma digital. Com o INSS Digital, a distribuição deles será feita de forma eletrônica de uma unidade para outra.

Esse projeto consiste na construção de um novo fluxo de atendimento para aumentar a capacidade da autarquia de reconhecer direitos. Os pilares do projeto são o processo eletrônico – agendamento e concessão de benefício pela internet para o segurado (deverá ser testado futuramente) ou por meio de entidade representativa que tenha celebrado Acordo de Cooperação Técnica com o INSS – e a distribuição das demandas entre as unidades.

Desde o início do projeto, janeiro de 2017, 587 agências do INSS adotaram o INSS Digital em todo país. A proposta é que, até o final de 2018, todo o Brasil já adote o novo sistema.

De acordo com o chefe de Gestão de Pessoas do INSS – Petrolina/Pe, Diogo Hoffmann, o projeto é uma grande alteração no sistema:

“A mudança mais visível é a inclusão do processo eletrônico. Os processos no âmbito do INSS vão correr todos de forma eletrônica, não vai mais haver processo no papel. Com isso, o instituto tem um ganho de eficiência porque ele permite reduzir o consumo de papel também permite que o segurado consiga acompanhar o seu requerimento de casa, por meio do aplicativo ou site”.

Ainda de acordo com Hoffman, inicialmente, nada muda. Ou seja, o assegurado continua agendando o seu atendimento por meio do telefone ou pelo site da previdência social. Mas com uma simples mudança: não é mais preciso tirar cópias de documentos.

“Ele (o assegurado) traz os documentos originais, que serão digitalizados e lançados no sistema. O processo vai correr todo de forma eletrônica”, conclui.