Home Maranhão Imperatriz Mãe denuncia posto de saúde por não realizar Teste do Pezinho

Mãe denuncia posto de saúde por não realizar Teste do Pezinho

Mãe denuncia posto de saúde por não realizar Teste do Pezinho

Antônia Andrade teve seu filho há sete dias, em Imperatriz. Normalmente, um recém-nascido tem até três dias para fazer o Teste do Pezinho, antes do sétimo dia de vida. A mãe Antônia denuncia a falta de infraestrutura do Posto de Saúde Milton Lopes, que segundo ela, não está realizando o teste. Antônia teve que procurar um atendimento privado para poder realizar o teste no filho.

O teste é importante na prevenção e tratamento de doenças que podem provocar sequelas irreversíveis no desenvolvimento mental e físico do bebê. O exame detecta sete doenças graves que podem ser tratadas. Entre elas estão a fibrose cística e o hipotireoidismo. O atraso na detecção adia o tratamento e pode levar a riscos como a deficiência intelectual e, nos casos mais graves, o óbito.

De acordo com a mãe, o Posto de Saúde da Vila Nova também não está realizando o teste. Ela também diz que no posto Milton Lopes o motivo da falta do exame seria por ausência de materiais.

“Eu tive que fazer particular, para não vencer o prazo. Pois o teste do pezinho precisa ser feito em sete dias, para o resultado ser mais preciso. Eu fiz particular, mas muitas mães precisam fazer o teste, e o filho fica a mercê, esperando”.

A mãe ainda reclama que o pior de tudo é a falta de informação. “A gente chega no lugar e ninguém sabe de nada. Aí você acaba perdendo o tempo, o prazo, pra fazer algo que é tão necessário”.

O Teste do Pezinho é obrigatório por lei em todo o país, por meio do Programa Nacional de Triagem Neonatal oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Ele é feito por meio de coleta de sangue retirado do calcanhar do bebê. O material é colhido em um papel filtro e levado para análise.

Foi solicitada nota à Prefeitura a respeito do caso, e a equipe do MA10 aguarda um posicionamento.