Home Maranhão Imperatriz Casal é morto a facadas por ex-marido da mulher em Imperatriz

Casal é morto a facadas por ex-marido da mulher em Imperatriz

Casal é morto a facadas por ex-marido da mulher em Imperatriz

Na manhã do domingo (4), por volta das 11h30, um casal foi assassinado na feira do bairro Mercadinho, em Imperatriz. Alvenir Leite Lima e Raimundo Edelson Paixão Pereira, ambos com 38 anos, foram mortos por Antônio Ferreira da Silva, ex-marido de Alvenir.

Segundo o delegado Praxísteles Martins, da Delegacia de Homicídios, Antônio não se conformava com o novo relacionamento da vítima. Esse tipo de atitude extrema se encaixa em uma das várias causas do feminicídio, em que o agressor se sente no direito de possuir ou controlar a mulher ou ex-mulher.

De acordo com a polícia, Alvenir e Raimundo faziam compras quando foram abordados por Antônio, que esfaqueou a ex-mulher. Raimundo tentou interferir, mas também foi golpeado. Antônio tentou deixar o mercadinho, mas foi seguido pela população e se entregou aos policiais, com medo de ser agredido.

O delegado Praxísteles afirma que ainda não teve acesso ao depoimento de Antônio, que está com o Plantão Central.

Com o assassinato de Alvenir e Raimundo, seis homicídios já foram registrados em março, em toda a cidade. Com esse caso, sobe para 30 o número de homicídios deste ano.

“Esse ano tem chamado bastante atenção, por esse aumento no número de homicídios, comprando com o mesmo período do ano passado. Nós temos cuidado em trabalhar com mais afinco nessas ocorrências, até para que haja a identificação e a efetiva punição desses autores. E assim, tentar desencorajar outras reações. Esse é o nosso principal objetivo”, afirma o delegado.

Na última sexta (2), Imperatriz registrou três assassinatos, incluindo um duplo homicídio.

Sobre o duplo homicídio, o delegado Praxísteles comenta. “Houve uma autuação em flagrante de delito, que foi mantida pela justiça. O flagrante foi convertido para prisão preventiva. As investigações continuam. A equipe está buscando mais informações pra gente poder concluir esse inquérito satisfatoriamente”, disse ele.