Home Maranhão Caxias Mais de R$ 8 mil são apreendidos com suspeito de fraudes previdenciárias

Mais de R$ 8 mil são apreendidos com suspeito de fraudes previdenciárias

Featured Video Play Icon

Na manhã dessa sexta-feira (2) a Polícia Civil, por intermédio da 17ª Delegacia Regional de Caxias, executou dois cumprimentos de mandados de busca e apreensão nas residências de Salustiano Bernardo da Silva Neto, vulgo”Salu” (47) e de Carlos Augusto Mota Pereira, vulgo “Doridana” (50), suspeitos de integrarem uma quadrilha especializada em falsificação de documentos com finalidade de fraudar benefícios previdenciários de pessoas já falecidas.

Na residência de Salustiano Neto, foram apreendidos um revólver calibre (38), munições, um notebook, cópias de cartões do Sistema Único de Saúde (SUS) em nome de terceiros, cartões bancários e cerca de R$ 8 mil. Já no endereço de Carlos Augusto foram apreendidas dezenas de fotografias, cerca de sete RG’s, cartões bancários, extratos bancários e uma quantia em espécie de R$2.662,00.

As investigações constataram que Carlos Augusto responde a processos por estelionatos e formação de quadrilha nas cidades maranhenses de São Raimundo das Mangabeiras e Caxias, além da capital piauiense, Teresina. Enquanto Salustiano Neto responde por formação de quadrilhas e estelionato. A dupla vinha sendo monitorada desde setembro do ano passado.

De acordo com delegado Jair Paiva, as investigações devem continuar visando identificar os demais membros da quadrilha. Ainda de acordo com o delegado, “ Salu” foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo Juiz Paulo Afonso Vieira Gomes da 1º vara criminal de Caxias.