Home Maranhão São Luís Coronel, ex-subchefe chefe da Casa Militar, tem prisão preventiva decretada

Coronel, ex-subchefe chefe da Casa Militar, tem prisão preventiva decretada

Coronel, ex-subchefe chefe da Casa Militar, tem prisão preventiva decretada

Suspeito de envolvimento com organização criminosa, o coronel Elias Francalanci chegou hoje (03), por volta das 17h, na Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor), em São Luís, para depor. Ele é ex-subchefe da Casa Militar e teve prisão preventiva decretada ontem (02) após nova fase da operação de ‘Combate à Corrupção’. Além do Coronel, o soldado Paulo Ricardo também esteve prestando depoimento.

O militar recebeu voz de prisão no comando Geral da Polícia Militar do Maranhão, no Calhau. Até agora, mais de 10 mandados de prisões preventivas já foram cumpridos na operação. Essa operação resultou no estouro de dois depósitos clandestinos com mercadorias contrabandeadas na saída e zona rural de São Luís.

Soldado Paulo Ricardo chegando na Seccor FOTO: Mauro Vagner /SSP

Ainda ontem, o ex-superintendente de Investigações Criminais, Tiago Bardal, foi chamado para depor e acabou sendo preso por suspeita de envolvimento com milícia. Tiago Bardal foi encontrado por uma patrulha da polícia em uma estrada onde parte da organização criminosa operava. Ele estaria ainda na companhia de um advogado, identificado como Ricardo Jefferson Muniz. O advogado, que é filho de desembargador de um aposentado, também prestou depoimento e recebeu ontem voz de prisão preventiva.