Home Maranhão São Luís Órgãos anunciam fim do Termo de Ajustamento de Conduta com construtora Cyrella

Órgãos anunciam fim do Termo de Ajustamento de Conduta com construtora Cyrella

Featured Video Play Icon

Em entrevista coletiva cedida na manhã desta quinta-feira (1º), representantes do Ministério Público, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros anunciaram o fim do Termo de Ajustamento de Conduta com a empresa Cyrella, responsável pelos condomínios Jardim de Toscana e Provence, que foi acionada no ano passado por irregularidades estruturais em suas propriedades.

Uma nova fiscalização realizada por órgãos competentes identificou que os problemas que colocam em risco a vida dos moradores do Condomínio Jardins continuam. “Foi feita toda uma vistoria pelos órgãos, que vão emitir relatórios. É uma condição insalubre, principalmente para as famílias que têm crianças, que têm idosos que ali vivem”, afirma o coronel França, diretor de atividades técnicas do Corpo de Bombeiros.

O relatório dessas vistorias será entregue amanhã ao Ministério Público, que não descarta a possibilidade de uma nova evacuação dos moradores no local, além de levar o caso para a esfera criminal.

Sobre o caso, a Cyrella emitiu a seguinte nota:

A Cyrela esclarece que os reparos nos empreendimentos Jardim de Toscana e Jardim de Provence em São Luís inicialmente firmados com o Ministério Público e Corpo de Bombeiros estão sendo cumpridos e grande parte já foi concluída. A companhia reforça também que já apresentou um cronograma adicional para as novas solicitações de melhoria feitas pelo Corpo de Bombeiros nesta semana.  A Cyrela reforça mais uma vez o compromisso com seus clientes em solucionar os problemas identificados nos empreendimentos.

Relembre o caso

Em 2017, a construtora Cyrella foi acionada após serem detectadas irregularidades nos condomínios Jardim de Toscana e Provence. A empresa se comprometeu junto ao Ministério Público a fazer uma série de adequações nos prédios, que chegaram a ser evacuados por conta do risco de explosão, causada por umproblemas com o fornecimento de gás e elétrico..