Home Maranhão São Luís Canais de TV aberta mudarão quando transmitidos pelo sinal digital

Canais de TV aberta mudarão quando transmitidos pelo sinal digital

Canais de TV aberta mudarão quando transmitidos pelo sinal digital

O Brasil está passando por um importante processo de modernização. O sinal analógico de TV será desligado em São Luís e em outras 9 cidades no próximo dia 28 de março de 2018. Para que a população possa assistir todos os canais digitais, a Seja Digital, entidade não governamental e sem fins lucrativos responsável por operacionalizar essa mudança, alerta sobre a importância de realizar a busca de canais. Este é um processo indispensável, pois os canais digitais não aparecem automaticamente nos televisores.

Quando os canais de TV aberta passam a ser transmitidos pelo sinal digital, eles ganham um novo número. Por exemplo, se o sinal analógico é transmitido no canal 2, com o sinal digital ele passará a ser 2.1. Mas para captar o sinal digital, além da antena digital e do conversor – para os televisores fabricados antes de 2010 -, é necessário realizar a busca de canais.

O processo é simples:

” acesse o menu pelo controle remoto da TV ou do conversor;

” encontre a opção que mais se assemelha a “busca de canais” – em alguns televisores chama-se busca automática, em outros o nome é ressintonia ou programação de canais;

” daí em diante, siga as orientações da tela.

Ao final deste processo, o televisor terá encontrado todos os canais digitais disponíveis em sua região e exibirá a programação com imagem e som de cinema.

Leia mais

Veja se você tem direito à instalação de kits gratuitos de TV Digital

Sobre a Seja Digital

A Seja Digital (EAD – Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.