Home Cultura Carnaval Apuração do Carnaval maranhense será realizada hoje

Apuração do Carnaval maranhense será realizada hoje

Apuração do Carnaval maranhense será realizada hoje

Após os desfiles carnavalescos, a apuração dos concursos realizados na Passarela do Samba, de Blocos Tradicionais, Blocos Organizados e Escolas de Samba será realizada nesta quarta-feira (14), às 14h, no Teatro Alcione Nazaré, localizado no Centro de Criatividade Odylo Costa Filho.

A contagem dos pontos será iniciada às 14h, com a presença dos representantes das agremiações. Os quesitos avaliados pelos jurados para os blocos tradicionais dos grupos A e B serão julgados pelos critérios de fantasia, ritmo, evolução e conjunto, letra e melodia. Os blocos organizados serão avaliados pelos critérios de fantasia, bateria, evolução e conjunto, letra e melodia. Escolas de Samba serão enredo, mestre-sala e porta-bandeira, alegorias e adereços, bateria, fantasia, evolução e conjunto, letra e samba, melodia e comissão de frente. Além das análises das comissões de cronometragem, dispersão, verificação e obrigatoriedade que emitirão parecer sobre esses critérios que fazem parte da soma dos resultados.

Os desfiles da Passarela do Samba integraram a programação do ‘Carnaval de Todos’, que reuniu blocos e agremiações carnavalescas, em uma parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís.

A apuração será realizada pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), em parceria com a Liga das Escolas de Samba e demais agremiações folclóricas e culturais do Maranhão (Liesma), da Associação Maranhense de Blocos Carnavalescos (AMBC) e da Academia dos Blocos Tradicionais do Estado do Maranhão.

Desfiles

No primeiro dia da Passarela do Samba, abriu o desfile a escola Unidos de Ribamar, que trouxe Uma Noite de Natal na Passarela de Carnaval como temática para o desfile. Em seguida, apresentaram-se a Mocidade Independente da Ilha, com o tema De Barra da Jurema a Buriticupu: A Mocidade e o Sonho de Colonização de um Povo; A Terrestre do Samba, com o tema Viva Anjo da Guarda: 50 anos de Mistérios, Segredos e Tradições; A Marambaia, cujo tema foi o Jubileu de Álamo Oxóssi, fazendo referência à ubanda, religião considerada uma das tradicionais do Maranhão; e, encerrando o desfile, a atual campeã do Carnaval maranhense, a Favela do Samba, trouxe o tema Nas trilhas do Sul do Maranhão uma Coluna Vertebrada com Ossos feitos de Sonhos e Esperança, fazendo referências à chegada de Carlos Prestes ao Brasil.

Já no segundo dia de desfile, a Unidos de Fátima abriu as atividades, abordando a causa LGBT com o enredo “Do Big Bang ao Arco-Íris: uma explosão de alegria”; Seguiram o desfile a escola Túnel Sacavém, trazendo no desfile A festa da cultura popular na terra dos orixás; A Império Serrano, que trouxe o enredo Ana Jansen: histórias e lendas do Império; A escola Flor do Samba, com o enredo Hoje tem festa e cantoria: É a Flor em Balsas no cenário da cidade querida; Turma do Quinto, com o enredo Dos versos do Buriatã: a Turma do Quinto canta 27 aldeias de Upaon-Açú.