Home Notícias Saúde Vacinação é recomendada para quem visitar parques nacionais

Vacinação é recomendada para quem visitar parques nacionais

Vacinação é recomendada para quem visitar parques nacionais

Com a confirmação de 130 casos de febre amarela no País em áreas silvestres, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), responsável pela gestão de 324 unidades de conservação federais, recomenda a vacinação para todos os visitantes de parques nacionais situados nas regiões afetadas. O atual surto da doença já fez vítimas em Minas Gerais, São Paulo, no Rio de Janeiro e no Distrito Federal.

O ICMBio esclarece que não há nenhum registro de macacos mortos em parques nacionais. Os primatas são hospedeiros da doença, mas não transmitem o vírus, que é passado por mosquitos. Os macacos são aliados no mapeamento da presença do vírus. Por isso, o sacrifício dos animais preocupa as autoridades.

Febre amarela

Causada por um vírus da família Flaviviridae, a febre amarela é uma doença de surtos que atinge grupos de macacos e humanos. Em áreas rurais e silvestres, ela é transmitida pelo mosquito Haemagogus. Em área urbana, pode ser transmitida pelo Aedes aegypti, o mesmo da dengue, zika e chikungunya. No entanto, não há registros no Brasil de transmissão da febre amarela em meios urbanos desde 1942. A vacina, disponibilizada gratuitamente à população pelo Sistema Único de Saúde (SUS), é o principal meio de combate à doença.