Home Polícia Concluído inquérito relacionado à morte do preso Alan Kardec

Concluído inquérito relacionado à morte do preso Alan Kardec

Featured Video Play Icon

Nesta terça-feira (16), foi concluído e encaminhado à justiça o inquérito policial relacionado à autoria do assassinato do detento Alan Kardec Dias Mota, morto no dia 7 deste mês, durante banho de sol no Complexo Penitenciário São Luís, em Pedrinhas.

O documento comprovou que o autor do crime foi o assassino confesso do jornalista Décio Sá, Jhonatan Sousa. A polícia agora trabalha para solucionar a motivação do crime. A defesa alega que o criminoso estaria sendo ameaçado pelo outro preso, mas a família da vítima acredita que tenha sido um crime de encomenda.

Jhonatan alega que estava sendo ameaçado pelo outro preso e que agiu em legítima defesa. Mas o delegado que investiga o caso, ouvindo parentes da vítima, levantou a possibilidade de que pode ter se tratar de um crime de encomenda, sendo que o valor pago pelo crime teria sido de 2 mil reais.

Alan Kardec foi assassinado por Jhonatan Sousa na Unidade Prisional de Ressocialização São Luís 4, no local em que, segundo a polícia, ficam somente presos considerados perigosos.