Home Maranhão São José de Ribamar Com salários atrasados, profissionais da saúde de São José de Ribamar cobram respostas

Com salários atrasados, profissionais da saúde de São José de Ribamar cobram respostas

Com salários atrasados, profissionais da saúde de São José de Ribamar cobram respostas

Desde novembro do ano passado, profissionais da saúde que trabalham em São José de Ribamar enfrentam uma grande dor de cabeça.  O problema teve início quando o contrato da Prefeitura do município com a empresa terceirizada responsável pela gestão da mão de obra da saúde foi encerrado e os direitos trabalhistas de 234 funcionários não foram pagos, mesmo após a contratação de uma nova empresa para suprir a demanda desses serviços.

Segundo o SINDSAÚDE-MA, a empresa Organização Vitale não deu baixa nas carteiras de trabalho dos funcionários, que não receberam os benefícios rescisórios, além de vários outros direitos. Lucineide Pinto, vice-presidente do sindicato em São José de Ribamar, afirma que os trabalhadores não receberam o salário de novembro, o décimo terceiro e nem a metade do salário de dezembro. Também segundo ela, o FGTS só foi recolhido até o mês de maio.

Desde novembro até o momento, três audiências de conciliação foram realizadas pelo Ministério do Trabalho, mas ainda não há uma resolução do caso, deixando os envolvidos ainda mais frustrados. Segundo Dulcimere Sarmento, presidente do SINDSAÚDE de São José de Ribamar, os representantes do Município não apresentaram soluções durante esses encontros, alegando que a responsabilidade é da empresa terceirizada.

Contudo, há um documento que comprova que o Município se responsabilizou pelo repasse de mais de R$ 1.600.000 para a empresa, valor que seria suficiente para pagar todos os funcionários. Buscando pressionar a Prefeitura por respostas, os envolvidos devem realizar uma manifestação esta semana.

Até o momento, a Prefeitura de São José de Ribamar e a empresa Organização Vitale não se posicionaram sobre o caso.

Confira mais informações na reportagem abaixo: