Home Brasil Sepultamento de Humberto Coutinho causa comoção na população caxiense

Sepultamento de Humberto Coutinho causa comoção na população caxiense

Sepultamento de Humberto Coutinho causa comoção na população caxiense

No fim da manhã desta terça-feira (2), o corpo do deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa Humberto Coutinho (PDT) foi levado do ginásio da Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão (Facema) para ao Cemitério da Olaria, em Caxias.

O governador do Maranhão, Flávio Dino, esteve junto aos familiares, ajudando a conduzir o corpo até o caminhão do Corpo de Bombeiros, onde cadetes realizaram o transporte até a capela da família, ao lado do cemitério, onde aconteceu o sepultamento. Nas ruas de Caxias, o cortejo seguiu com fortes aplausos da população.

 

O sepultamento aconteceu por volta das 13h e foi acompanhado apenas por familiares e amigos mais próximos. Os caxienses que acompanharam o cortejo fúnebre pelas ruas da cidade também estiveram presentes no sepultamento, mas o assistiram do lado de fora da capela.

Humberto Coutinho morreu na noite dessa segunda-feira (1º) em decorrência de um câncer no intestino, contra o qual lutava há quatro anos, e foi sepultado com honras de Chefe de Estado.

O velório aconteceu ainda na noite de ontem. Após o corpo ser velado pelos familiares e pessoas mais próximas em cerimônia íntima, caxienses, parlamentares e gestores prestaram suas homenagens a Humberto em uma cerimônia aberta, que aconteceu no ginásio da Facema.

Biografia 

Nascido em 21 de agosto de 1946, no povoado Pedreiras, município de Matões (MA), Humberto Coutinho formou-se em Medicina pela Universidade Federal da Bahia e começou a exercer a profissão em 1971, trabalhando por avanços na saúde de Caxias.

Além de dedicação à medicina, Humberto construiu uma prestigiada carreira política, iniciada em 1988 como o vereador mais votado do município. Em 1990 elegeu-se deputado estadual, com reeleições sucessivas nos pleitos de 1994, 1998 e 2002.

Em 2004, foi eleito prefeito da cidade de Caxias, sendo reeleito em 2008 com a maior votação da história de um prefeito daquela cidade.

Em 2014 retornou ao Parlamento Estadual maranhense, já consolidado e reconhecido como uma das mais influentes lideranças políticas do Maranhão. Em fevereiro de 2015, foi eleito Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão e reeleito, por unanimidade dos seus pares, para o exercício do biênio 2017/2018.