Home Brasil Jornalista maranhense José Louzeiro morre aos 85 anos

Jornalista maranhense José Louzeiro morre aos 85 anos

Jornalista maranhense José Louzeiro morre aos 85 anos

Na manhã desta sexta-feira (29), morreu no Rio de Janeiro o escritor, roteirista e autor de telenovelas maranhense José de Jesus Louzeiro. As causas da morte não foram especificadas, mas ele sofria com problemas de saúde há cinco anos, em função da diabete.

Nascido em setembro de 1932, em São Luís, ele se iniciou no jornalismo aos 16 anos, na condição de “aprendiz” de revisor gráfico. Transferiu-se para o Rio de Janeiro em 1954 e trabalhou em grandes veículos, como Revista da Semana, Manchete, Diário Carioca, Última Hora, Correio da Manhã (no Rio) e, em São Paulo, pela Folha e o Diário do Grande ABC. Foi repórter de polícia durante mais de 20 anos.

Estreou na literatura em 1958, com o volume de contos intitulado Depois da Luta. E seu primeiro trabalho no cinema aconteceu em 1976, como co-roteirista do filme Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia, um romance homônimo, lançado em 1975.

Os livros mais conhecidos de José Louzeiro, são: Infância dos Mortos, argumento do filme Pixote; Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia (título homônimo no cinema); Aracelli, Meu Amor; Em Carne Viva, lembrando o drama de Zuzu Angel e de seu filho Stuart Angel, morto na tortura, na década de 60. Entre os infanto-juvenis: A Gang do Beijo, Praça das Dores (um remember dos meninos assassinados na Candelária, em 1993), A Hora do Morcego (Ritinha Temporal) e Gugu Mania.

José Louzeiro é autor de 40 livros e criador, no Brasil, do gênero intitulado romance-reportagem. No cinema já assinou, como roteirista, dez longas-metragens, dos quais pelo menos quatro se tornaram populares: Lúcio Flávio, o Passsageiro da Agonia, Pixote, O Caso Cláudia e O Homem da Capa Preta.

Em nota, a Sectur lamentou a morte de José, uma grande perda para o jornalismo e a literatura brasileiros. Confira a nota na íntegra:

A Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur) lamenta o falecimento do escritor, roteirista e autor de telenovelas José de Jesus Louzeiro. Nascido em São Luís no dia 19 de setembro de 1932, Louzeiro mudou-se para o Rio de Janeiro aos 21 anos, onde fez carreira no jornalismo, na literatura e no cinema. Neste momento de dor e perda, manifestamos nossas condolências aos familiares, amigos e admiradores do artista.