Home Maranhão Mais de 7,2 toneladas de drogas foram apreendidas em 2017

Mais de 7,2 toneladas de drogas foram apreendidas em 2017

Mais de 7,2 toneladas de drogas foram apreendidas em 2017

Entre janeiro a novembro deste ano, mais de 7,2 toneladas de drogas foram apreendidas pela Superintendência Estadual de Repressão ao Narcótico (Senarc), da Polícia Civil do Maranhão. Em balanço das ações da Senarc, estima-se que as apreensões geraram um prejuízo de mais de R$ 17 milhões no tráfico de drogas dentro do estado.

As apreensões já causaram um impacto significativo nos cofres das organizações criminosas que tiveram prejuízo de R$ 17.111.230,06. Entre as drogas mais apreendidas, a maconha ainda figura como a principal, mas vem seguida do crack, cocaína e da pasta base.

Além da quantidade expressiva de drogas apreendidas em menos de um ano, a Senarc também apresenta outros resultados como 376 prisões – mais de uma pessoa presa por dia; e na apreensão de 56 armas de diversos calibres, o que atinge a estrutura do crime organizado não apenas no Maranhão, já que as forças de segurança do estado já alcançaram e identificaram ramificações locais de quadrilhas de outros estados.

Outra ação que vem crescendo é a erradicação de plantações de maconha, já que em maio deste ano, 167 mil pés de maconha foram localizados pela Policia Civil nas cidades de Centro Novo, Centro do Guilherme e Maracaçumé. O plantio renderia aproximadamente 3 toneladas de maconha.

Quem desejar realizar denúncias pode entrar em contato por meio do número (98) 9.9163-4899, que funciona 24 horas por dia, enviando mensagem de texto, áudios e vídeos, tudo com sigilo da identidade garantido pela Senarc.

Maiores apreensões

Entre as apreensões de maior impacto está a realizada no sábado (25), quando de 800 quilos de maconha prensada foram apreendidos no Conjunto Novo Horizonte, em Paço do Lumiar.

A apreensão só não foi maior que a realizada em abril, quando 1,7 tonelada da droga foi apreendida em Miranda do Norte e no Conjunto Alvorada, em São Luís.