Home Notícias Mundo Número de mortos em atentado em mesquita no Egito sobe para 305

Número de mortos em atentado em mesquita no Egito sobe para 305

Número de mortos em atentado em mesquita no Egito sobe para 305

O número de mortos no atentado terrorista cometido ontem em uma mesquita frequentada por sufistas no norte do Sinai aumentou para 305, entre eles 27 crianças, e o de feridos para 128, segundo o mais recente boletim da Procuradoria Geral do Egito, divulgado neste sábado.

O ataque, cuja autoria ainda não foi reivindicada por nenhum grupo extremista, aconteceu no início do sermão de sexta-feira, dia sagrado para os muçulmanos, quando os fiéis foram surpreendidos por “25 a 30 elementos takfiris (radicais)” que, segundo a procuradoria, içaram a bandeira do Estado Islâmico (EI).

Citada pela agência oficial de notícias “Mena”, a procuradoria disse que os radicais ficaram em frente à entrada do templo e das suas 12 janelas, e começaram a atirar de forma indiscriminada com armas de fogo automáticas nos fiéis que rezavam, além de terem queimado alguns carros.

Segundo os depoimentos coletados pela procuradoria em dois hospitais de Ismailiya, e perto de onde aconteceu o ataque, fortes barulhos de disparos foram ouvidos fora da mesquita, assim como explosões.

Pouco depois, os radicais entraram na mesquita Al Rawda. “Alguns mascarados e outros não, com roupas militares, cabelos compridos e barba, e usando armas automáticas. E alguns com uma bandeira preta com a inscrição ‘Não há deus senão Alá, e Maomé é o seu profeta”, a profissão de fé dos muçulmanos, afirmaram procuradores com base em depoimentos.

O Egito começou hoje um luto nacional de três dias pelas vítimas do ataque. Na província do Norte do Sinai, onde está vigente desde 2014 o estado de emergência, opera o ramo egípcio do grupo jihadista Estado Islâmico (EI), chamado Wilayat Sina, que reivindicou a maioria dos atentados ocorridos nos últimos anos no país.

Agência EFE