Home Maranhão Cerca de 70% dos maranhenses pretendem gastar com presentes de Natal

Cerca de 70% dos maranhenses pretendem gastar com presentes de Natal

Cerca de 70% dos maranhenses pretendem ir às compras neste fim de ano, é o que afirma a pesquisa de intenção de consumo para o Natal 2017, realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA). De cada 10 pessoas, 7 estão dispostas a consumir em função das festividades natalidades, cujo resultado indicou 69,6%.

De acordo com a pesquisa, o valor médio do presente para o Natal deste ano é de R$ 140,00, equivalente a um crescimento de 12% nas intenções de gastos em relação a 2016. Já o valor médio geral das compras, englobando aqueles consumidores que pretendem comprar mais de um presente e também os gastos com as comemorações, foi calculado em R$ 328,00, representando um avanço de apenas 0,31% na comparação com o ano passado.

PRODUTOS

A pesquisa mostra que as crianças serão as principais beneficiadas com presentes.

  • Brinquedos

Os brinquedos assumiram a liderança nas intenções de compras com 54,2% das indicações dos entrevistados, uma aceleração de 71,5% em relação ao passado quando ocupava a segunda posição na lista de preferência dos consumidores.

  • Calçados

O segundo lugar deste ano ficou com os calçados com 28,4% das escolhas, seguido dos artigos de vestuário com 20,5%. Os calçados também experimentaram um crescimento de 27,9% na comparação anual, enquanto os itens de vestuário recuaram para apenas um terço das escolhas apresentadas em 2016.

  • Lugares de compras

O levantamento demonstrou que 38,9% deverão optar pelos Shoppings e 38,3% pelas lojas do Centro, sendo que ambos os locais apresentaram retração nas intenções de compras na comparação com 2016 de 12,6% e 4,5%, respectivamente. Por outro lado, as lojas de rua, lojas de bairro ou galerias comerciais com 18,5% das indicações dos consumidores e os supermercados com 8,6% experimentaram acelerações respectivas nas preferências deste ano de 19,4% e 22,9%, destacando-se na comparação anual e demonstrando a diversificação das opções dos consumidores para as compras deste ano.

Em entrevista ao Bom Dia Maranhão, o superintendente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA), Max de Medeiros afirmou que as pesquisas auxiliam os empresários no período natalino.

Veja: