Home Maranhão São Luís Índios protestam em frente ao Incra

Índios protestam em frente ao Incra

Índios protestam em frente ao Incra

Cerca de 50 índios  das etnias Akroá-Gamella, Gavião, Krenyê e Tremembé  estiveram reunidos em protesto em frente ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), localizado no Anil.  O protesto iniciou por volta das 15h e segue até o momento. Utilizando cocás na cabeça, pinturas e  aparatos indígenas, o grupo protestou cantando. Os índios vieram das regiões de Viana, Matinha e Penalva para manifestar.

Cada povo indígena presente na manifestação pacifica reivindicou demandas diferentes voltadas a questões fundiárias  e direitos sociais. Os pedidos sobre as questões vêm acontecendo há cinco meses, sem resposta.

Do lado de fora, os funcionários do INCRA aguardavam a abertura dos portões, fechados pelos índios. Alguns visitantes também ficaram impossibilitados de sair do local por algumas horas.

Por volta das 17h45, integrantes da Polícia Federal chegaram ao local para intervir no protesto.

De acordo com Rafael Silva,  da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB – MA), os recursos para estudos antropológicos das terras indígenas já foram liberados, porém os serviços nunca foram cumpridos.
O Superintendente do INCRA do estado do Maranhão, George Aragão, alegou que o problema diz respeito a outra esfera de gestão.

Na área do Incra costumava funcionar uma unidade da Funai (Fundação Nacional do Índio), atualmente desativada.

No início do protesto, funcionários do Incra foram impedidos de entrar ou sair do local. Logo foram liberados, mas os carros estão retidos, uma vez que o grupo protesta em frente aos portões.

Em página do facebook que representa os indígenas eles exibiram o protesto em vídeo, veja.

 

Reprodução: Divulgação

Matéria atualizada às 17h55*

Do Portal MA10 – Raíza Carvalho