Home Notícias Educação Etapa nacional do Prêmio IEL de Estágio premia instituição do Maranhão

Etapa nacional do Prêmio IEL de Estágio premia instituição do Maranhão

Etapa nacional do Prêmio IEL de Estágio premia instituição do Maranhão

O Maranhão subiu ao pódio pelo terceiro ano consecutivo na edição nacional do Prêmio IEL de Estágio 2017. A coordenadora de Desenvolvimento Empresarial, Carreiras e Estágio do IEL Maranhão, Michele Frota, foi a Curitiba, capital paranaense, onde acompanhou a diretora acadêmica do Centro de Ensino Médio e Profissionalizante do Maranhão (Cemp-MA), Jenilce Pavão Almeida, na entrega do Prêmio. A instituição maranhense conquistou o 2º lugar na Categoria Instituição de Ensino – Educação Profissional – Nível Técnico, se destacando pelas boas práticas de estágio em 2017. Também participou da cerimônia a diretora geral do Cemp-MA, Vera Lúcia Pavão Almeida.

“Com o Prêmio IEL, nós reforçamos o compromisso de desenvolver o estágio como uma ferramenta de formação de novos talentos para as empresas, uma vez que estimulamos a prática responsável tanto por parte do estagiário, como da instituição de ensino e da empresa. Nosso objetivo com a iniciativa é buscar cada vez mais excelência nos programas de estágio intermediados pelo IEL.”, avaliou Michele Frota.

Para a diretora acadêmica do CEMP-MA, Jenilce Pavão, a premiação é de fundamental importância para o ensino técnico e profissionalizante. “O prêmio incentiva práticas didático-pedagógicas inovadoras, melhorando, assim, o processo ensino-aprendizagem dos alunos no campo de estágio, como também proporciona às empresas parceiras profissionais qualificados no mercado de trabalho”, destacou.

Na modalidade em que o Cemp conquistou o 2º lugar, a primeira colocação foi, pelo terceiro ano consecutivo, para o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Santo Amaro (SENAI-Santo Amaro), de Pernambuco. A instituição Serviços Empresariais Trabalho e Educação, da Bahia, ficou em terceiro lugar.

O Prêmio IEL de Estágio tem quatro categorias empresariais, dividas por porte e uma modalidade específica para empresas do Sistema Indústria. Entre micros e pequenas, a vencedora foi a Associação de Orientação aos Deficientes, instituição filantrópica dedicada à inclusão de pessoas com deficiência em Natal, no Rio Grande do Norte.

Na categoria média empresa, a Kordsa Brasil, multinacional do ramo têxtil, sediada na Bahia, levou o prêmio. Entre as empresas de grande porte, a cearense Amêndoas do Brasil, que opera em Fortaleza, no Ceará, se destacou pelo programa de estágio. Na modalidade Empresas do Sistema Indústria, o Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis (GTGAS-ER), do SENAI do Rio Grande do Norte, teve o reconhecimento máximo. O pernambucano José Mariano dos Santos Neto venceu a categoria Estagiário Destaque, seguido por Rafael Nascimento Mendes, do Pará, e Lais de Sousa Lemos, do Ceará.

Entre os centros de ensino superior que se destacaram, a Fundação de Assistência e Educação (Faesa), do Espírito Santo, foi laureada com o primeiro lugar. A segunda posição ficou com a Universidade da Amazônia (Unama), do Pará; a terceira, com a Universidade Tiradentes (Unit), de Sergipe.

O PRÊMIO – Criado em 2007, o Prêmio IEL de Estágio avalia empresas e instituições de ensino com foco no processo de gestão dos programas de estágio e no cumprimento da legislação de estágio vigente. E também premia estagiários levando em consideração a aprendizagem trazida pela experiência e os benefícios para a empresa. O objetivo da iniciativa é incentivar a busca de excelência em programas de estágio.