Home Maranhão Imperatriz Presos PM’s suspeitos de assassinar serralheiro em ITZ

Presos PM’s suspeitos de assassinar serralheiro em ITZ

Presos PM’s suspeitos de assassinar serralheiro em ITZ

Na manhã de quarta-feira (4), três mandatos levaram a prisão de dois policiais militares, pela equipe da polícia civil da 10ª Delegacia Regional de Imperatriz. Wictor José Santos Lira e Jhon Mayke Barros de Sousa são acusados de envolvimento no assassinato do serralheiro Josley de Sousa, em 9 de fevereiro de 2017, no bairro Ipiranga.

De acordo com o delegado regional, Eduardo Galvão, outro PM envolvido, Mailton Pereira Pacheco teria tentando contra a vida de Joesley em 2014. A motivação do crime seria porque a vítima era ex-marido da atual do PM. Ele foi preso em flagrante por estar transportando fuzis, pistola e munições. Chegou a ser condenado por três anos. Desde então, ele permanece preso por tentativa de homicídio.

Ainda segundo Galvão, o terceiro mandato de prisão apontou que o PM Mailton seria o mandante do crime ocorrido em fevereiro, em associação criminosa com os outros dois policiais. “A acusação que requer sob os três é de um homicídio praticado contra o serralheiro. As investigações foram feitas. O inquérito foi concluído e os três foram indiciados”, explicou o delegado Galvão.

Na ocasião, os dois PMs utilizaram uma moto para consumar o intento em fevereiro. Jhon Mayke pilotava a moto, e seu comparsa Wictor Lira efetuou os disparos. Na época do crime, Jhon Mayke estava de tornozeleira eletrônica, respondendo por outro homicídio.

O delegado ainda explica o fato de todos os três policiais estarem envolvidos em outras práticas criminosas, o que pesou nas investigações. “O primeiro já está preso, por fazer parte de uma organização criminosa. Jhon Mayke já usava a tornozeleira eletrônica, e o Wictor Lira tinha envolvimento com roubo de carros na região”, finaliza.

Os dois PMs, Mayke e Wictor estão presos no 3° BPM e vão passar por audiência de custódia. Eles devem ser encaminhados ao Comando Geral em São Luís.