Home Maranhão Presos membros de quadrilha que sequestrava gerentes de banco

Presos membros de quadrilha que sequestrava gerentes de banco

Presos membros de quadrilha que sequestrava gerentes de banco

Foram presos suspeitos de integrar uma quadrilha que sequestrava parentes de gerentes de banco nos estados de Tocantins, Maranhão e Pará. As prisões aconteceram em Palmas e nas cidades de Zé Doca (MA) e Redenção (PA). A quadrilha já vinha sendo investigada pela Polícia do Tocantins, que estava monitorando os suspeitos e localizou cinco deles em uma residência em Zé Doca. Segundo o delegado de Zé Doca, eles ficaram detidos na delegacia do município e depois foram encaminhados para São Luís.

Os detidos foram Lucas Michel Silva de Oliveira (30 anos), Neysom Rodrigues da Silva (38 anos), Gildean Alves (32 anos), Marlon de Sousa Damasceno (28 anos), Raimundo Silva Cardoso (55 anos), José Roberto Pereira Maciel e José Carlos Pires Barbosa (53 anos). Após análise técnica jurídica dos fatos realizada pela Autoridade Policial todos foram autuados em flagrante delito por organização criminosa, bem como foi dado cumprimento aos mandados de prisão expedidos a Neysom por roubo a banco na cidade de Porto Nacional (TO), José Carlos por roubo a banco em Luziânia (GO) e José Roberto por homicídios praticados nas cidades de São Paulo e Conceição do Araguaia.

Após as formalidades legais, todos foram encaminhados para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

Eles estariam planejando o sequestro de um gerente de banco da cidade e, como foram encontradas armas no local, eles foram detidos em flagrante. O tipo de crime cometido pelo grupo é conhecido como “sapatinho”, que é quando a família do gerente e/ou tesoureiro fica sob a mira dos criminosos e o funcionário da instituição financeira é obrigado a retirar todo o dinheiro do cofre e entregar ao bando criminoso como condição de resgate para a soltura dos referidos familiares.