Home Polícia Moradores de condomínio são presos por furto de energia

Moradores de condomínio são presos por furto de energia

Moradores de condomínio são presos por furto de energia

Na manhã desta quinta-feira (28), a Polícia Civil, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), iniciou uma operação de combate a furto de energia, em São Luís.

Durante a operação, os policiais vistoriaram unidades do condomínio Grand Park, localizado no Calhau, Região Metropolitana da capital maranhense, onde dois homens, identificados como Rômulo Santos Ribeiro e Adegildo Lima, foram presos. De acordo com a polícia, os dois moradores do condomínio faziam uso de energia furtada, crime conhecido popularmente como “gato”.

Os dois indivíduos foram autuados em flagrante e conduzidos à sede da Seic, no Bairro de Fátima.

O furto de energia elétrica é crime e quem o pratica pode ser enquadrado em dois artigos do Código Penal Brasileiro: o 155 (furto), parágrafo 3º, que tem como pena prevista 1 a 4 anos de reclusão e multa; e o 265, que trata de atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública e prevê pena de reclusão de 1 a 5 anos, além de multa.