Home Maranhão São Luís Projeto reúne estudantes e campeão maranhense de xadrez em partida

Projeto reúne estudantes e campeão maranhense de xadrez em partida

Projeto reúne estudantes e campeão maranhense de xadrez em partida

Jovens estudantes tiveram a oportunidade de disputar uma partida de xadrez com o hexacampeão maranhense, Edmundo Luz. A partida foi simultânea, ou seja, Edmundo jogou com vários estudantes ao mesmo tempo, alternando as jogadas com cada jogador por vez. A ação faz parte do projeto Xeque Mate, que é realizado pelo Colégio Universitário da Ufma (Colun).

O professor de Química, Franciscarlos Veras Cardoso, que está a frente do projeto, explicou que esta foi a primeira partida com um especialista, e que normalmente os participantes disputam entre si. “O projeto é voltado para jovens que gostem de xadrez e se interessem em aprender e praticar mais o esporte. Este ano, pela primeira vez, o Colun participou do JEMs, e um dos nossos alunos se classificou em sétimo lugar na competição. Temos participado também do Circuito Ludovicense de Xadrez e alcançado boas posições”, enfatizou, citando a disputa da equipe nos Jogos Escolares Maranhenses.

Em contato com os estudantes, Edmundo observava os jovens avaliarem os movimentos, buscando estratégias para conseguir a desejada vitória.“Quando se trata de esportes, só se fala sobre o futebol, e o xadrez, que traz muito mais benefícios para o aluno, é pouco divulgado. Fico feliz por ter sido convidado e posso dizer que os jovens deram trabalho. Foi um páreo duro”, disse Luz.

Além do Xeque Mate, professores do Colun estão com mais dois projetos de pesquisa relacionados ao estudo do esporte. “Os projetos visam avaliar quanto o jogo de xadrez influencia no processo de ensino-aprendizado dos estudantes. A relevância do estudo do xadrez está na sua aplicação, como esporte que desenvolve o raciocínio, a concentração, a lógica matemática, a ética e o respeito ao adversário. Buscamos também a integração e socialização dos meninos”, esclareceu o professor Franciscarlos Cardoso, que está à frente de um dos projetos, que foi aprovado pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica-Ensino Médio (Pibic-EM). À frente de outro projeto aprovado pela Fapema está a professora de Educação Física, Emnielle Borges Pinto.