Home Maranhão São Luís, Rosário e Santa Rita recebem atendimentos do procon móvel

São Luís, Rosário e Santa Rita recebem atendimentos do procon móvel

São Luís, Rosário e Santa Rita recebem atendimentos do procon móvel

Desta terça-feira (26) até o dia 1º de outubro, o PROCON Móvel vai levar os serviços da cidadania aos municípios de São Luís, Rosário e Santa Rita. A ação faz parte do programa de descentralização dos serviços que o Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e do Consumidor (Procon/MA) tem realizado em todo o Estado.

Em Rosário, de 26 a 29, o Procon Móvel estará no IFMA, na Av. Principal, s/n, Valparaíso-Sapucaia; de 26 a 30, em Santa Rita, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santa Rita, rua Eder Braga, 367, Centro. Em São Luís, dia 28, os serviços estarão na Zona Rural, Centro Educacional Mário Meireles, Av. 6, KM 15, BR 135, s/n – Mangue. Dias 28 e 29, no Anil, CINTRA, Rua Vinte e Cinco de Dezembro, já no dia 30, o órgão atenderá na Vila Ariri (Anjo da Guarda), Escola Sidney Cônego Castelo Branco Furtado, na Avenida José Sarney, s/n. E dia 30 e 1º de outubro, Maiobão, Centro Educacional  Erasmos Dias  Av. 12, s/n.

Na ação, os cidadãos terão acesso à emissão da 1ª e 2ª via do RG, inscrição e consulta do CPF, antecedentes criminais e serviços do balcão do cidadão, que incluem emissão de boletim de ocorrência, consultas (NIT, PIS/PASEP, bolsa família), inscrições em concursos e outros serviços on-line. A formalização de denúncias contra empresas e a orientação de consumidores e fornecedores, também, poderão ser realizadas.

Para acessar os serviços do VIVA, o cidadão deve estar com os documentos originais. Para solicitar o RG, é necessário apresentar a original da certidão de nascimento ou certidão de casamento – a emissão da 1ª via do documento é gratuita. A taxa para 2ª via custa R$ 32,83, mas pode ser gratuita caso o cidadão apresente boletim de ocorrência provando roubo ou furto, ou comprovante de cadastro no CadÚnico do Governo Federal, como o cartão Bolsa Família.

No caso do CPF, o solicitante deve apresentar certidão de nascimento ou de casamento. A inscrição é gratuita, assim como a segunda via. Vale lembrar que, para menores de idade, é indispensável o acompanhamento dos pais ou responsáveis.

Para formalizar denúncias contra serviços e empresas privadas, o consumidor deve estar de posse de original e cópia dos seus documentos, além de portar, também, os comprovantes da denúncia (como faturas, contratos, notas fiscais e números de protocolo).