HomeCultura Intervenção urbana, discotecagem e crochê em abertura de exposição

Intervenção urbana, discotecagem e crochê em abertura de exposição

Intervenção urbana, discotecagem e crochê em abertura de exposição

Tubos de linhas e agulhas constroem a arte do “Coletivo Linhas” e a partir desta quarta-feira (13), o “Cardume de peixe, cardume de gente” mostra toda sua beleza, formatos, cores e texturas na Praça Deodoro e Galeria de Arte do Sesc Centro. A intervenção urbana inicia às 16h30, em frente ao Banco do Brasil da Praça Deodoro, enquanto a abertura da exposição na Galeria de Arte do Sesc, com discotecagem Thadeu Macedo, será às 19 horas.

A mostra, que integra um conjunto de trabalhos do “Coletivo Linhas”, deriva da necessidade de conhecer e experimentar novos espaços e eixos de produção, circulação e fruição. “Cardume de peixe, cardume de gente” visa convidar o público em geral a refletir acerca dos tipos de aglomeração praticada nas cidades contemporâneas, destacando também os fluxos gerados pelos encontros, assim como nos circuitos, caminhos e sincronias que são mobilizados na urbe, reinventando-o a partir da inserção, costura, tessitura e tramas utilizando a técnica do crochê. O trabalho propiciará aos visitantes mergulharem em um mar de peixes, com mais de mil unidades, em várias tonalidades de azul, de 15 cm.

A exposição ficará aberta ao público de segunda a sexta, das 8h30 às 17h30, no Sesc Centro, localizado na Av. Gomes de Castro, ao lado da Praça Deodoro. Visitas mediadas podem ser agendadas pelo telefone (98) 3216-3830 ou pelo email galeriadeartesescma@gmail.com.

Foto: Sabrina Dias

Coletivo Linhas

A primeira intervenção do Coletivo foi realizada em 2016, no Centro Histórico da cidade. O objetivo era promover uma reflexão a partir de um entendimento da relação de convivência entre peixes e humanos no mesmo meio, ocupando o mesmo espaço e contexto de múltiplos sentidos. A intervenção promoveu uma invasão de peixes nas ruas da Praia Grande, gerando um cardume aproximado de 140 peixes de crochê, que foram aplicados com cola de silicone nos paralelepípedos e rodapés.

Atualmente o grupo é formado por Juliana Mendes, Luciana Santos, Jessica Góis, Márcia de Aquino, Ana Regina Arcanjo, Camila Grimaldi, Danielle Fonsêca e Leury Monteiro.

Fotografia: Sabrina Dias