Home Cultura Comunidade LGBT é tema de documentário em Imperatriz

Comunidade LGBT é tema de documentário em Imperatriz

Comunidade LGBT é tema de documentário em Imperatriz

Com objetivo de dar voz a centenas de pessoas, que fazem parte de grupos criminalizados pela sociedade, o documentário fala sobre a rotina de pessoas LGBT em Imperatriz, destacando também os números da violência contra essas pessoas. Segundo relatório do Grupo Gay da Bahia (GGB), só em 2017 foram 343 assassinatos, media de 1 a cada 25 horas.

O Documentário, “Marginais – Vozes de resistência LGBT em Imperatriz”, aborda como tema a vida da comunidade de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT) de Imperatriz e busca, além de responder quais as formas de resistência e existência desse grupo, trazer para debate os dados da intolerância contra essas pessoas no Brasil.

O agora jornalista, Kelver Padilha, sempre quis fazer como trabalho de conclusão de curso, algo que falasse assuntos ainda pouco tratados. “Penso que nós comunicadores temos a obrigação de levar para debate na sociedade temas que muitas vezes são tratados como tabu, mas que precisam sim, ser discutidos. E a comunidade LGBT é um desses temas”, comenta o produtor.

O documentário tem exibição no auditório da UFMA-campus centro, as 17h desta sexta (11), com entrada gratuita.