Home Maranhão Morre homem baleado em operação policial na Camboa

Morre homem baleado em operação policial na Camboa

Morre homem baleado em operação policial na Camboa

O morador da Residencial Camboa, Joelson Feliciano, morreu na tarde desta terça-feira (8), após ser atingido por armas de fogo em operação policial realizada nesta segunda-feira (7) no local. A informação foi confirmada pelo Instituto Médico Legal (IML) de São Luís. Joelson estava internado em estado grave no  Hospital Djalma Marques (Socorrão I) e passou por cirurgias, mas não resistiu. O homem é tem passagem na polícia por quatro homicídios e várias várias ocorrências de tráfico de drogas. De acordo com a polícia, ele portava uma arma calibre .12 e teria atentado contra a vida de um policial da Rotam. Desde o fim da tarde de hoje, a população faz manifestação com queima de pneus em frente ao local, impedindo o fluxo de veículos dos dois lados da Av. IV Centenário.

Na operação, também foi alvejada a moradora identificada apenas como Vanessa, o que deixou a população, já revoltada, em pânico.  A TV Difusora registrou imagens exclusivas do momento. Vanessa se encontra estável também no Hospital Djalma Marques (Socorrão I).

Ainda hoje (8), as armas dos policiais da ROTAM que participaram de operação de ontem no bairro Camboa foram recolhidas para a realização de perícia, que ainda não foi concluída. A operação foi deflagrada no início da tarde desta segunda-feira (7), no Residencial Camboa. Policiais militares atenderam ao chamado do Centro de Operações Integradas de Segurança (Ciops) de que haviam criminosos armados no local com o objetivo de efetuar assaltos. Na operação, cinco homens foram presos, um menor foi apreendido e também uma arma, um simulacro, drogas e balança de precisão foram apreendidos no condomínio.

Entenda o caso

Nesta segunda-feira (7), o Sistema Difusora trouxe a cobertura exclusiva de uma operação da polícia que resultou em dois feridos na Camboa.  Uma das vítimas é uma mulher – que acompanhava a situação e foi atingida por um tiro  que partiu do arma de um tenente da  Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam), como mostrado nas imagens exclusivas abaixo. Os repórteres Geyce Gomes e Wanderley Ramos acompanharam de perto a operação no Residencial Camboa.

No início da tarde desta segunda-feira (7), equipe da Polícia Militar (PM) compareceu ao Residencial Camboa atendendo ao chamado do Centro de Operações Integradas de Segurança (Ciops) de que haviam criminosos armados no local com o objetivo de efetuar assaltos. Na operação, cinco homens foram presos, um menor foi apreendido e também uma arma, um simulacro, drogas e balança de precisão foram apreendidas no condomínio. A população estava revoltada, pois um homem identificado como Joelson Feliciano Leal foi baleado. Segundo o Tenente Farias, ele tem passagem por quatro homicídio e várias ocorrências de tráfico de drogas e portava uma arma calibre .12 e teria atentado contra a vida de um policial da Rotam.

Segundo o mesmo tenente, foi encontrada quantidade considerável de maconha e cocaína no local.

Em meio ao confronto, um morador jogou uma pedra em viatura da polícia, que respondeu com tiros. O Tenente Farias efetuou disparos – que, aparentemente, seriam de advertência – mas que atingiram o tórax da mulher, até agora identificada como Vanessa, que desmaiou na hora. A situação causou pânico na comunidade, que socorreu Vanessa e a levou para o hospital Socorrão I.

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-MA) esclarece que aguarda a conclusão do relatório sobre a referida operação no bairro da Camboa, para prestar esclarecimentos mais precisos.

Veja mais detalhas na matéria de Geyce Gomes.