Home Maranhão Imperatriz Samu realiza treinamento com PM para melhorar atendimento de emergência

Samu realiza treinamento com PM para melhorar atendimento de emergência

Samu realiza treinamento com PM para melhorar atendimento de emergência

Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) está realizando treinamento de atualização com temas sobre Atendimento Pré-Hospitalar para as tropas dos serviços do Exército Brasileiro e da Polícia Militar. A ação foi iniciada nessa terça-feira (1º), na regional do Samu, em Imperatriz, e segue até hoje (2).

No primeiro momento, foram dadas aulas teóricas nas dependências do 50° BIS. Já no segundo dia, nesta quarta-feira (2), foram realizadas atividades práticas, envolvendo médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e homens da PM e do Exército. Cerca de 30 pessoas participam do treinamento.

O objetivo é integrar as instituições e tornar o atendimento pré-hospitalar uma única linguagem na cidade e região para que a população tenha instituições cada dia mais fortes no atendimento às vítimas e se tornem parceiras no dia a dia.

Imagem: Beatriz Farias/ MA 10

Segundo Reneclei de Sousa, coordenador do Núcleo de Educação Permanente, a parceria do Samu com a PM tem o intuito de levar conhecimento de atendimento hospitalar para toda a comunidade, além de aprimorar o conhecimento das equipes envolvidas.

“Eles têm a necessidade de saber o procedimento correto a se fazer quando se deparar a um acidente a um evento de emergência. E saber fazer isso da maneira correta é bastante importante principalmente para o doente que precisa desse atendimento sistematizado. Então essa parceria veio para unir forças para servir melhor a comunidade”, explica Reneclei.

O coordenador ainda ressalta que “existe uma sala de regulação que recebe serviço de 192 de Imperatriz e outras cidades, pois atendem via telefone. A central e regulação coleta as informações dos acidentes no evento de emergência, faz a triagem da ocorrência para que a ambulância certa seja encaminhada”.

Durante o treinamento, as equipes foram orientadas sobre os tipos de ambulâncias. Uma é a de Suporte Básico, que é tripulada por apenas um condutor socorrista, a outra é de Suporte Avançado de Vida, composta por quatro profissionais, sendo eles um médico, um enfermeiro, um técnico e um condutor socorrista.

Além desses dois tipos de viaturas ainda há a motolância, veículo criado para chegar mais rápido nas ocorrências de acidentes de trânsito e de mal súbito cardíaco.

“É um serviço que está reestruturado e a cada dia tende a melhorar mais, por isso a parceria do exército de polícia militar que veio para unir forças, vai fazer uma grande diferença pincipalmente para a sociedade”, completa Reniclei.

Segundo o médico do Exército Militar, o tenente Melo, a parceria com a equipe do Samu se faz necessária para o aprendizado dos militares que ainda não tiveram experiência com atendimento hospitalar.

“O exército está sempre procurando aprimorar o pelotão de saúde, porque de certa forma estamos sempre atuando na parte pré-hospitalar, e nós viemos buscar mais aprimoramento com essa parceria com o Samu. É muito importante, visto que alguns militares ainda não tiveram esse tipo de contato e agora estão conhecendo”, ressalta o médico.