Home Maranhão Mais de 870 bombas mediadoras de combustível foram reprovadas em 2017

Mais de 870 bombas mediadoras de combustível foram reprovadas em 2017

Mais de 870 bombas mediadoras de combustível foram reprovadas em 2017

O índice de reprovação de bombas medidoras de combustível no Maranhão está acima da média nacional. De janeiro a julho deste ano, foram reprovadas 871 bombas em todo o estado, o equivalente a 12% de reprovação. Apesar de ser menor, do que o ano de 2016, que foi de 15,8%, o índice continua acima da média nacional, que foi de 8,19%. Os dados são do Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq-MA), órgão delegado do Inmetro no estado.

Só este ano, mais de 90% bombas medidoras de combustíveis nas revendas do Maranhão já foram verificadas pelo Inmeq-MA. O percentual equivale a um total de 7.230 instrumentos verificados.

Atualmente, o Maranhão ocupa a sexta posição no índice de reprovação no Brasil. Entre as principais irregularidades detectadas pela fiscalização do Inmeq-MA, o mau estado de conservação da bomba aparece em primeiro lugar (32,4%). Em segundo está a violação do selo do Inmetro (20%) e em terceiro, o mau estado de conservação das mangueiras (11%). Os casos de erro de vazão, ou seja, de volume, não são tão comuns, correspondendo a 0,1%, de acordo com o departamento técnico do Inemq-MA.    Problemas na parte elétrica da bomba e vazamentos também são erros comuns encontrados nos instrumentos.

“Com relação à cobertura do estado, este é o maior número de bombas medidoras já verificadas pelo Inmeq-MA em um ano no Maranhão. Isso se deve ao fato de intensificarmos a fiscalização na capital e no interior do estado, alcançando uma cobertura maior do que nos anos anteriores”, afirma o presidente do órgão, Geraldo Carvalho Júnior.

A verificação periódica em bombas medidoras no Estado ainda está sendo concluída. Após a verificação, o Inmeq-MA, retornará aos postos, ainda este ano, para o trabalho de fiscalização.

A tabela abaixo mostra o número de fiscalização em bombas medidoras de combustível no Maranhão nos últimos 5 anos:

Ano Verificações realizadas Reprovadas Índice de  Reprovação
2013 6.331 317 5%
2014 6.605 368 5,57%
2015 5.104 306 11,81%
2016 4.460 705 15,81%
2017 (JAN/JUL) 7.229 871 12,05%