Home Maranhão Imperatriz Oficial de justiça que atropelou menina de 2 anos é liberado

Oficial de justiça que atropelou menina de 2 anos é liberado

Oficial de justiça que atropelou menina de 2 anos é liberado

Nesta sexta-feira (28) foi posto em liberdade o oficial de justiça Marcelo Cortez, acusado de atropelar Clara Braga Novaes – de dois anos, que estava brincando na porta de sua casa em um condomínio quando foi atropelada por uma caminhonete S10. Em audiência de custódia, o motorista da S10, Marcelo Cortez, teve a CNH suspensa por 3 meses, o celular recolhido para perícia e o crime de homicídio de crime doloso mantido.  As investigações prosseguem.

Clara Braga Novaes foi enterrada nesta quinta-feira (27) pela manhã.

A menina foi atropelada dentro do condomínio Recanto dos Pássaros, no bairro Santa Inês, no fim da tarde. Clara Braga Novaes de Amorim estava brincando com uma boneca no momento em que o condutor de uma caminhonete s10, que não viu a menina, atropelou-a ao sair de uma vaga, segundo as primeiras informações. Após o atropelamento, o pai da menina a socorreu, mas ela não resistiu e morreu a caminho do hospital.

O oficial de Justiça Marcelo Cortez da Silva, responsável pelo atropelamento, ficou em choque após a morte da menina e teria esperado dentro do carro até a chegada da polícia. Agora, Marcelo Cortez irá responder por homicídio dolo eventual. O teste de bafômetro ao qual ele foi submetido deu negativo.

A menina teve seu corpo velado  e enterrado nesta quinta-feira (27), na Igreja São Francisco.

Veja mais em reportagem da TV DIFUSORA.